Doze países da Europa já começaram a usar o Certificado Digital de Covid-19

A União Europeia segue focada na implementação de seu Certificado Digital de Covid-19 (também conhecido como ‘Digital Green Pass’) para que esteja funcionando sem problemas a tempo da temporada de verão do hemisfério norte. Ao todo, 12 países membros da UE já começaram a usar o sistema, que entrou no ar no final do mês passado, enquanto outros 16 concluíram os testes e estão prontos para implementá-lo..

 

O Parlamento Europeu estipulou o dia 1° de julho como a data em que o certificado deverá ser disponibilizado para uso dos viajantes em todos os países membros, após aprovação da Comissão Europeia desta nova ferramenta de verificação de vacinação digital para harmonizar os regulamentos de entrada da Covid-19 dentro do bloco, o que facilita as viagens e apoia um movimento mais livre em todo o continente.

 

O Certificado Covid digital é um aplicativo móvel gratuito que fornece a prova digital da vacinação, resultados de teste negativos recentes ou certificação de que ela foi previamente diagnosticada e recuperada do vírus. O certificado ainda exibe informações como o nome do viajante, data de nascimento e data de emissão, além de um código QR exclusivo que acessa a documentação relevante ou portais de relatórios vinculados.

 

Por conveniência, uma versão digital pode ser armazenada num dispositivo móvel ou uma versão em papel pode ser solicitada. Os estados membros da UE concordaram com um design comum para as versões eletrônica e impressa para ajudar a acelerar o reconhecimento da credencial. As autoridades de saúde em cada país membro, por sua vez, são as responsáveis ​​por emitir os certificados e disponibilizá-los aos cidadãos.

 

Doze países membros já começaram a usar o sistema: Alemanha, Áustria, Bulgária, Croácia, Checa, Dinamarca, Estônia, Grécia, Letônia, Lituânia, Polônia e Espanha. Outras 16 nações também concluíram os testes e estão prontos para lançar o aplicativo: Bélgica, Chipre, França, Islândia, Irlanda, Itália, Liechtenstein, Luxemburgo, Países Baixos, Noruega, Portugal, Romania, Eslováquia, Eslovênia, Suécia e Suíça. Já Finlândia, Hungria e Malta ainda estão em fase de testes.

 

 

Fonte: Mercado & Eventos