COI confirma público de até 10 mil pessoas por evento no Jogos Olímpicos de Tóquio

Os fãs japoneses poderão participar dos eventos quando os Jogos Olímpicos de Tóquio forem iniciados em 23 de julho.

A informação foi dada pelo comitê organizador local e o Comitê Olímpico Internacional (COI) em anúncio realizado na última segunda-feira (21).

Os organizadores disseram que os locais podem ser preenchidos em até 50% da capacidade – desde que não exceda um máximo de 10.000 pessoas.

A decisão veio após uma conferência online envolvendo as chamadas “cinco partes”; os organizadores locais, o COI, o Comitê Paraolímpico Internacional, o governo japonês e o governo da região metropolitana de Tóquio.

A presidente do comitê organizador, Seiko Hashimoto, alertou que, embora as autoridades esperassem conseguir preencher os locais com 50% da capacidade, a pandemia do coronavírus poderia forçar uma mudança nos planos.

“Precisamos ser muito flexíveis. Se houver alguma mudança abrupta na situação, faremos reuniões das cinco partes novamente para tomar outras decisões”, afirmou.

“Se houver um anúncio de estado de emergência durante os jogos, todas as opções, como jogos sem espectadores, serão examinadas”, completou.

A governadora de Tóquio, Yuriko Koike, também enfatizou antes da reunião que o plano de permitir a presença de espectadores está sujeito a mudanças.

“Sob esta pandemia COVID-19, as pessoas em Tóquio, as pessoas no Japão, estão se sentindo muito desconfortáveis. Temos preocupações e os especialistas também estão fazendo recomendações sobre o risco de propagação da infecção ”, disse Koike.

As autoridades disseram que os fãs terão que seguir regras rígidas, incluindo o uso de máscaras e não aplaudir. Eles também estão sob instruções para voltar para casa imediatamente após participar de qualquer evento.

A decisão de segunda-feira foi contrária à recomendação do principal consultor médico do Japão, Dr. Shigeru Omi, que afirmou na semana passada que se sentiria mais confortável com as Olimpíadas sendo realizadas sem espectadores.

Os organizadores dizem que os residentes japoneses têm até 3,7 milhões de ingressos para os Jogos Olímpicos. Espectadores estrangeiros estão proibidos de comparecer.

O programa de vacinação do Japão está apenas começando a ganhar impulso, com apenas cerca de 6,5% da população totalmente vacinada e 16,5% tendo tomado pelo menos uma dose, de acordo com dados do gabinete do primeiro-ministro.

 

 

Fonte: Portal Radar