“OMT deve assumir papel central na recuperação”, diz candidata a secretaria-geral

Candidata a ocupar a secretaria-geral da Organização Mundial do Turismo, a atual presidente da Autoridade do Bahrein pela Cultura e Antiguidades, Mai Al Khalifa, afirmou que a emergência sanitária decorrente do Covid-19 impôs uma nova realidade ao turismo global, o que exige uma nova abordagem e a OMT deve assumir um papel central no processo de recuperação.

Em visita a Madri, antes da reunião do Conselho Executivo que apontará a nova secretaria-geral, Mai Al Khalifa se reuniu com representantes das missões diplomáticas de vários estados associados e com autoridades espanholas, para apresentar sua candidatura e sua nova abordagem para o setor de turismo global.

“Muitos de nós acreditamos que é hora de uma mudança de paradigma para o setor do turismo, que exige uma nova visão e uma liderança dinâmica para a OMT, o que nos permite iniciar uma nova era”, afirmou. “São tempos inéditos, mas estou confiante que o setor de turismo vai se recuperar dessa crise, como já fez em outras ocasiões. Devemos trabalhar de perto na aplicação de protocolos de viagens e coordenar ações com governos em sistemas de apoio fiscal para empresas do setor”, completou Mai.

Ele afirmou que trabalhará com os estados membros e outras organizações internacionais para desenhar uma estrutura regulatória e estatutos para regular este fundo de assistência. O compromisso é trabalhar para a captação de recursos por meio de bancos doadores, agências de financiamento e grandes corporações, que permitam estabelecer esse apoio ao setor.

 

Fonte:  Mercado & Eventos