Rio de Janeiro autoriza reabertura de espaços culturais

Teatros, cinemas, museus e galerias de arte já podem voltar a receber visitantes no Rio de Janeiro. Estabelecimentos desse tipo foram incluídos no projeto Turismo Consciente, do governo estadual depois de uma reunião entre o governador em exercício, Cláudio Castro, e as secretárias de Estado de Turismo, Adriana Homem de Carvalho, e de Cultura e Economia Criativa, Danielle Barros. A reabertura precisa levar em conta protocolos e práticas de segurança e saúde contra a covid-19 e que estão especificados no programa do governo.

 

“Nosso potencial turístico é incrível. Temos obrigação de usar nossas belezas naturais, de forma sustentável, para gerar emprego e renda para o nosso povo. Acreditamos que o combo Turismo e cultura, aliado aos protocolos de segurança, é fundamental para atrairmos os turistas”, aponta o governador.

Segundo a secretária de Estado de Turismo, Adriana Carvalho, o desafio, neste momento, é mostrar para as pessoas que o Estado está preparado para fazer todo o receptivo turístico de forma segura.

“Identificamos, com base em outros países, que o Turismo com tendência de crescimento hoje é o rodoviário, com as pessoas optando pela viagem de carro ou de ônibus. Por isso, vamos reforçar a divulgação para os nossos vizinhos do Espírito Santo, Minas Gerais e São Paulo. E como o Rio de Janeiro é um estado pequeno, vamos estimular visitas em diversos pontos dentro de uma única viagem. As pessoas podem, por exemplo, ter uma experiência na Região Serrana e no litoral em uma mesma semana”, explica Adriana.

APOIO AO SETOR DA CULTURA
Durante a reunião, a secretária de Cultura também apresentou o plano para a utilização dos recursos da Lei Federal Aldir Blanc, sancionada pelo governador em exercício. A secretaria realizou, durante dois dias, encontros virtuais e presenciais com a sociedade civil.

“Esses recursos vêm para socorrer os artistas. É um presente para o setor cultural que vamos operacionalizar. Temos promovido um diálogo muito potente e revelador com a classe artística e com agentes da área de cultura do estado”, afirma Danielle Barros.

Cerca de 20 mil trabalhadores devem receber o auxílio emergencial, pago em parcelas de R$ 600 por cinco meses consecutivos. O repasse será realizado aos cadastrados em uma plataforma digital, que está sendo desenvolvida em parceria com o Governo Federal.

SELO INTERNACIONAL
A secretaria de Turismo do estado lembra que, em agosto, foi reconhecida internacionalmente como referência por boas práticas em Turismo Consciente e se tornou embaixadora do selo internacional “Safe Travels”. Achancela foi criado pelo WTTC (Conselho Mundial de Viagens e Turismo), que estabelece protocolos, a fim de tornar as viagens ainda mais seguras.

A iniciativa foi intermediada pela pasta, colocando o Estado como primeiro da Região Sudeste a ter o reconhecimento.

 

Fonte: Panrotas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *