Festuris é reformulado e busca diálogo com eventos do trade

Os organizadores do Festuris, que está mantido para novembro, têm utilizado as semanas de isolamento para conversar com os demais eventos do setor. A intenção é buscar uma solução conjunta para a recuperação do mercado turístico e de eventos, os mais afetados pela pandemia de covid-19. A feira entende que a união do trade será essencial para reduzir o impacto da crise e aposta que os eventos serão a mola propulsora da economia.

 

“Sempre tivemos o poder de congregar diferentes partes em nome do desenvolvimento do Turismo. Agora, neste momento de incertezas e preocupação, não seria diferente. Queremos compreender o cenário nos mais diversos segmentos, auxiliar na retomada e trabalhar em conjunto para o fortalecimento do mercado. No final, mesmo com grandes perdas e o cenário incerto, todos nós ganharemos”, projeta o CEO do evento em gramado, Eduardo Zorzanello.

 

O diálogo também está prevalecendo para a manutenção do time de trabalho. Enquanto diversos segmentos do Turismo registram demissões em massa, a Rossi & Zorzanello – empresa realizadora do Festuris – manteve seu quadro. A companhia também acredita na sensibilidade e suporte do Governo Federal para o enfrentamento da crise.

 

“Contamos com a empatia de nossos colaboradores e conseguimos manter nossa equipe. Temos certeza que, quando tudo isso passar, o lado humano será ainda mais importante. Entendemos que não adianta a tecnologia se não existem pessoas atrás dela. Na área de eventos isso é fundamental”, destaca a CEO do Festuris, Marta Rossi.

 

REFORMULAÇÕES

O Festuris anunciará nos próximos dias detalhes sobre a reformulação da feira, que inclui novos formatos de participação e um olhar atento às necessidades do mercado. Segundo os organizadores, a criatividade e o diálogo são palavras-chave para este novo momento, onde todos precisarão se unir para a retomada do setor.

 

Além da reformulação, a feira de negócios está implantando novos canais de conteúdo para seus expositores e participantes, e pretende ampliar os ativos oferecidos às marcas. Além disso, o evento busca também fortalecer sua presença digital no mercado turístico.

 

Entre os projetos que deverão ganhar força a partir de maio estão: a reformulação da Revista Festuris, além da implantação do Festuris Live, transmissões ao vivo entre os diretores do evento e autoridades do Turismo; do Festuris E-Learning, em parceria com a GVA, que visa a qualificação dos profissionais do trade com base na segmentação da feira; e a criação de um canal de podcasts sobre Turismo.

 

 

Fonte: Mercado & Eventos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *