ABEOC Brasil repudia ação da prefeitura na Bienal do Livro do Rio

A Associação Brasileira das Empresas de Eventos – ABEOC Brasil – repudia veementemente a ação impetrada pela Prefeitura do Rio de Janeiro com o envio de fiscais à Bienal do Livro, na tarde desta sexta-feira, 6 de setembro, com o objetivo de proibir a exibição e venda da obra em quadrinhos “Vingadores: A cruzada das crianças”, sob o argumento de que violaria o Estatuto da Criança e do Adolescente.

A Bienal do Rio é o maior evento literário do País, com 38 anos de história definidos como uma celebração à leitura, à cultura e à diversão, reunindo milhares de pessoas. Esse tipo de movimento engendrado pelo Governo Municipal é uma afronta a todas as iniciativas de incentivar o crescimento da realização de eventos, sejam eles culturais, corporativos, esportivos, religiosos ou científicos na cidade.

A ABEOC Brasil, representada em 16 estados brasileiros, jamais registrou tamanha violação de direitos, fato que vem se juntar a tantos outros que, infelizmente, afirmamos “só acontecem no Rio de Janeiro”.

Não podemos aceitar que uma feira desta magnitude seja invadida e seus estandes percorridos no intuito de cercear cultura, economia e direitos.

Enquanto entidade representativa das empresas de eventos estendemos aos agredidos nosso total apoio.

 

Rio de Janeiro, 6 de setembro de 2019

Fátima Facuri
Presidente da ABEOC Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *