Com presença de Bolsonaro, novo presidente da Embratur é empossado em Brasília

 

Diálogo com o trade, volta dos escritórios de promoção, mudança da divulgação nas feiras internacionais e transformação em agência. Estes foram apenas alguns dos pontos abordados por Gilson Machado Neto em seu discurso de posse como presidente da Embratur, que aconteceu no início da noite desta quarta-feira (29), na sede do órgão.

Além de autoridades, em lideranças do setor de turismo, a solenidade contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro, que fez questão de reforçar a competência e a confiança no trabalho do novo nomeado, além de rebater as críticas a respeito da nomeação.

“Estamos ousando com o Gilson, que é uma pessoa de palavra fácil e que fala a linguagem do povo. Não é apenas sanfoneiro, como foi dito pela imprensa, como se isto fosse algum demérito. Seu currículo, sua vivência e sua vontade de trabalhar pelo turismo superam qualquer empecilho e dificuldade que porventura ele possua. Gilson vai superar os obstáculos e fazer com que a Embratur seja algo de orgulho”, afirmou Bolsonaro.

 

Presidente Jair Bolsonaro parabeniza Gilson Machado

Em seu discurso, o novo presidente da Embratur abriu as portas para o trade turístico nacional debater sobre as diretrizes e políticas para o trabalho de promoção do País como destino turístico. “Nada que possamos falar sobre fomentar e desenvolver o turismo no exterior será possível se não realizarmos o nosso dever de casa. Por isso, a articulação com o trade será fundamental para este projeto ter êxito”, destacou Gilson

“Queremos ouvir os empresários e promotores de turismo do Brasil, saber o que eles pensam, quais as suas necessidades, e o que eles esperam da nossa gestão, da Embratur e do presidente Jair Bolsonaro. Foi o próprio presidente que me disse, escute aqueles que vivem do Turismo, pois só eles sabem com profundidade os problemas enfrentados pelos que estão à frente desta atividade”, completou o presidente.

TRANSFORMAÇÃO EM AGÊNCIA

 

Uma das pautas mais antigas do setor também foi abordada pelo presidente da Embratur. Gilson declarou tratar como prioridade a transformação da Embratur em agência de promoção, ouvindo todos os interessados no processo.

“A transformação da Embratur em agência é uma das minhas prioridades, que inclusive foi citada no nosso relatório de transição. Para tanto vamos ouvir as secretarias de turismo dos estados e municípios, o trade turístico nacional e internacional, o parlamento e principalmente o nosso excelente quadro de técnicos que temos na Embratur. Sabemos das dificuldades financeiras que enfrentamos e vamos buscar fontes de renda alternativas e captação de recursos com parceiros internacionais para que possamos realizar um trabalho de promoção mais amplo e efetivo”, explicou.

 

Fonte: Mercado & Eventos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *