Indústria Mice movimenta mais de R$ 67 bilhões por ano no Brasil

[Panrotas, 11/11/2017]
A cada ano são realizadas 400 mil conferências e exposições em todo o mundo, gerando um montante de US$ 280 bilhões, e só no Brasil a indústria Mice movimenta R$ 67 bilhões por ano.
As informações foram divulgadas pela VP de Articulação Política da Associação Brasileira de Empresas de Eventos (Abeoc), Adriana de Carvalho, durante o Festuris. “O setor de eventos no Brasil cresceu 32,4% no ano passado, em comparação com 2013, e somente na cidade de São Paulo o segmento de feiras e eventos movimenta R$ 16,3 bilhões”, conta Adriana.
“Mas nos últimos anos o desempenho do mercado Mice no Brasil tem encolhido, devido à violência e à crise econômica. Outros mercados em queda são o Canadá e a Austrália, enquanto China, Singapura e os Emirados Árabes estão em ascensão”, conta Adriana.
Ainda segundo ela, o turista Mice permanece, em média, cinco dias na cidade sede de um evento, gastando US$ 285 em sua estada, enquanto o turista tradicional permanece dois dias e gasta US$ 68. “O Turismo Mice é reconhecidamente exigente, obrigando uma grande profissionalização por parte das empresas que operam na área. Não é qualquer uma que está habilitada a atuar nesse tipo de mercado”, ressalta a especialista.
Eventos de grande porte (com público acima de 500 pessoas) são minoria no Brasil, representando 14,7% do total, enquanto aqueles com público de 50 a 149 pessoas predominam (26,6%), seguidos por eventos que recebem de 250 a 499 pessoas (25,6%).