Embratur avalia que áreas de baixo custo vão aquecer mercado

[Jornal de Turismo, 16/11/2017]
O presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Vinicius Lummertz, não tem dúvidas quanto a importância da entrada em cena das empresas aéreas de “low cost” (equivalente em inglês a baixo custo) para alavancar o turismo internacional m direção ao Brasil.
Nesta terça-feira (14), em Paris, Lummertz esteve com o secretário de Turismo do Ceará, Arialdo Pinho, na Embaixada do Brasil na França, para definir detalhes das ações que serão desenvolvidas para alavancar a procura pelo novo voo que a Air-France, em parceria com a KLM e a Gol, colocará à disposição do público a partir de maio de 2018. Serão cinco voos por semana, direto de Paris e Amsterdã para Fortaleza e, dali, distribuindo para várias cidades do Norte e Nordeste, São Paulo e Brasília. O custo da passagem até Fortaleza ficará em torno de 800 dólares, bem abaixo dos atuais preços do mercado.