“Hotelaria precisa se atualizar e a Airbnb pagar impostos”, diz Guilherme Paulus

[Mercado e Eventos, 24/10/2017]
Além de debater o futuro da hotelaria com outros grandes players do mercado, o presidente da GJP, Guilherme Paulus, ao final do Painel de CEOs do Workshop Fohb RJ, que aconteceu nesta terça-feira (24), voltou a falar sobre o Airbnb. O assunto veio a tona após indagação de um dos convidados do evento, abrindo, naquele momento, uma lacuna para o empresário fazer as suas considerações. De acordo com Paulus, a hotelaria precisa se atualizar para lidar com o mercado, mas por outro lado o Airbnb também precisa pagar impostos para atuar.
“Sempre tivemos a concorrência no segmento de lazer, por exemplo, com as casas da praia. O aluguel por temporadas sempre existiu, só que agora este serviço se profissionalizou. Hoje existe um escritório que traz ao cliente esta facilidade de alugar casas. Logo eu digo que precisamos nos atualizar, mas também a Airbnb precisa pagar impostos para atuar”, disse Paulus, que ainda classificou a criação e todo o combate ao Airbnb como mais uma forma de “aprendizado” para a indústria turística nacional.
Para ele, apesar do Airbnb fazer sucesso, o serviço de um hotel é diferente. “Porque todo mundo espera justamente o serviço de um hotel. Muitos falam da flexibilidade das casas de aluguel com relação aos horários, mas no hotel é diferente. Temos um horário de check-in e check-out porque zelamos pela qualidade do quarto. É preciso limpar e higienizar todo o ambiente, o que leva tempo. Esta é a diferença do hotel para o Airbnb, justamente o serviço. Como digo, ‘a sua majestade, o cliente’. Nós da hotelaria seremos sempre serviçais”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *