Segundo estudo, Rock in Rio 2017 deve gerar R$ 74 milhões em hospedagem

[Hôtelier News, 08/09/2017]
O RioCeptur, Centro de Pesquisas do Rio Convention & Visitors Bureau, calculou o impacto econômico que será gerado pelos hóspedes durante o Rock in Rio. Segundo a análise, com base na pesquisa prévia divulgada pela ABIH-RJ (Associação de Hotéis do Estado do Rio de Janeiro), a receita potencial em hospedagem será de R$ 74 milhões, representando a arrecadação de R$ 3,7 milhões em ISS (Impostos Sobre Serviço) para os cofres municipais.
De acordo com a associação hoteleira, o primeiro fim de semana do evento – de 15 e 17 deste mês – conta com 67% dos quartos reservados. Segundo a análise do RioCeptur, o percentual representa a ocupação de 40,2 mil quartos de hotéis e 168,8 mil hóspedes em potencial, que devem gerar uma receita de R$ 29 milhões.
Na segunda semana do evento musical – de 21 a 24 deste mês -, a pesquisa prévia da ABIH-RJ aponta que 77% dos quartos já estão reservados. Cálculos do RioCeptur indicam que a taxa representa a ocupação de 46,2 mil quartos, com 258,7 mil hóspedes em potencial e receita estimada em R$ 45 milhões.
A análise ressalta, ainda, que, mesmo com 15 mil novos quartos de hotéis na cidade, as reservas para a segunda semana do evento já superam o mesmo período do último Rock in Rio, quando a hotelaria contou com 63,03% dos quartos ocupados. Para a primeira semana do evento, a diferença é de apenas 5%. Em 2015, o balanço final da ABIH-RJ registrou 73,06% de ocupação.