Plano da Praia de Iracema retoma ideia de centro de convenções na área

[O povo, 31/08/2017]
A criação de um centro de convenções na Praia de Iracema foi uma das ações de urbanização do bairro citadas ontem, durante apresentação do projeto Fortaleza 2040 no Fórum Dragão do Mar. Criado para discutir e solucionar problemas da região, o escritório de trabalho realizou o primeiro encontro entre representantes da sociedade civil, setor privado e poder público.
De acordo com o projeto, o centro de convenções deve ficar próximo às obras — atualmente paralisadas — do Acquario Ceará, próximo à esquina da Rua dos Tabajaras com a Almirante Tamandaré, onde hoje existe o residencial Vila de Iracema.
O arquiteto Fausto Nilo, coordenador do Plano Mestre Urbanístico e de Mobilidade do Fortaleza 2040, apresentou para integrantes do fórum algumas medidas previstas. Além de Fausto, participaram da apresentação do tema o superintendente do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor), Eudoro Santana, e o diretor do Instituto Dragão do Mar, Paulo Linhares.
“Nós fizemos um Centro de Eventos, mas, para convenções, não é adequado”, disse Fausto Nilo. Segundo ele, a atual edificação comporta grandes eventos e shows, mas não é adequada para convenções de profissionais, por exemplo. Por isso, a proposta do novo local.
A discussão sobre um centro de convenções na Praia de Iracema foi proposta pela primeira vez no ano 2000 pelo então governador Tasso Jereissati (PSDB). Pesquisadores apontaram o bairro como o mais adequado para o equipamento. Na época, a edificação seria construída onde é a comunidade do Poço da Draga. Além de levantar questões a respeito da remoção dos moradores, o projeto foi criticado por ser localizado muito próximo ao mar. Já em 2009, a então prefeita Luizianne Lins (PT) propôs que o hotel Marina Park fosse desapropriado para a construção de um centro de eventos.
Reunião
A reunião do fórum contou com representantes de ambulantes do entorno do Dragão do Mar, empresários, moradores do Poço da Draga, representantes das polícias Civil e Militar, coordenadores de espaços artísticos do entorno, entre outros.
As principais discussões levantadas foram sobre a insegurança no local, a falta de fiscalização e o lixo, problemas semelhantes aos apontados pelo Conselho da Praia de Iracema ao prefeito Roberto Cláudio (PDT) no último dia 25, na posse dos integrantes do grupo.
A próxima reunião do fórum está prevista para 29 de setembro. (Eduarda Talicy)
Saiba mais
Outras propostas previstas no Fortaleza 2040:
Aumento do número de moradias na região em diálogo com comércios
A necessidade de povoamento intenso e conveniente para preservar a herança cultural e preparar a zona urbana para atrair o turismo inserido na cultura local
Demanda de ordenação de espaços para os ambulantes e demais componentes do mercado informal
A ordenação urbana e supressão dos efeitos da feira da madrugada
Feiras, mega-shows e grandes exposições no centro de convenções a ser criado na Praia de Iracema