Em protesto contra fechamento, grupo dá abraço simbólico no Centro de Convenções, em Salvador

[G1, 24/09/2017]
Um abraço simbólico em torno do Centro de Convenções marcou a manhã de domingo (24), no bairro do Stiep, em Salvador. O protesto contra o fechamento do espaço foi organizado por associações de moradores, comerciantes e empresários do ramo de turismo.
O Centro de Convenções da Bahia está fechado há mais de dois anos. O trade turístico baiano fala em prejuízos devido a não realização de eventos de grande porte na cidade, e diz que o estado está perdendo turistas para “destinos concorrentes”.
De acordo com os organizadores, cerca de três mil pessoas participaram do ato, por volta das 9h30. Por conta da grande concentração de pessoas, o trânsito ficou congestionado na região durante parte da manhã. A mobilização foi acompanhada pela Polícia Militar e pela Transalvador.
Já sem abrigar grande eventos, o Centro de Convenções foi interditado pela Secretaria Municipal de Urbanismo (Sucom) no dia 20 de maio de 2015, após a constatação da falta de projeto e equipamentos de incêndio e pânico, como também de manutenção predial.
O local foi fechado para obras, mas em setembro de 2016, parte da fachada do prédio desabou. Após o incidente, o governo do estado começou a desmontar a estrutura e ficou de definir um novo local para abrigar o Centro de Convenções. Esse novo local, no entanto, ainda não foi definido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *