Centro de Eventos em cidade de MT deverá ser inaugurado em dezembro

[Só Notícias, 04/08/2017]
Custeado pelo governo do Estado, com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o Centro de Eventos de Barra do Garças aguarda o projeto de prevenção de incêndio e pânico do Corpo de Bombeiros para conclusão da obra. Com 89% do projeto executado, as estimativas são de que em dezembro deste ano esteja pronto para inauguração. Autoridades estaduais e municipais visitaram o local na quarta-feira (03.08).
Orçado em cerca de R$ 6 milhões, o espaço conta, ainda, com a parceria da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), que cedeu a área, e da Prefeitura de Barra do Garças, que viabilizou o projeto técnico.
Nesse clima de trabalho, o reitor da UFMT do Campus Araguaia, Paulo Jorge, e os empreiteiros responsáveis pela execução do projeto receberam o secretário-adjunto de Turismo do Estado, Luís Carlos Nigro, o secretário de Estado de Trabalho e Assistência Social, Max Russi, e o prefeito de Barra do Garças, Roberto Farias. O objetivo foi apresentar a obra, que tem 3.498 metros quadrados (cerca de 12 mil, incluindo o estacionamento e área livre externa). A estrutura será composta por três salões modulados com capacidade para 2.500 pessoas sentadas e três mil em pé, anfiteatro para 552 pessoas sentadas, sala de coffee break, banheiros, e outras dependências necessárias para o funcionamento do local, sendo toda cercada por vidro e climatizada.
“O Centro de Eventos será uma importante conquista para Barra do Garças e região, oportunizando a realização de diversos eventos, como seminário, congresso, espetáculos culturais, formaturas. Enfim, quem ganha é o cidadão”, frisou Luís Carlos Nigro.
Para o prefeito Roberto Farias, não há dúvidas de que contribuirá com a consolidação do turismo de negócios em Barra do Garças. “Nossa cidade, mesmo apresentando dificuldades, tem hoje um calendário de eventos forte que vem sendo ampliado a cada ano. Agradecemos o apoio do Governo do Estado, que não mediu esforços para acelerar a conclusão desta obra”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *