Governo deve leiloar Santos Dumont no próximo ano

[Jornal de Turismo, 31/07/2017]
O governo federal deve leiloar o Aeroporto Santos Dumont no próximo ano. Fontes do Governo informaram ao Jornal O Globo que o terminal deverá ser incluído na próxima rodada de leilões de aeroportos. A ideia é anunciar o processo no mês que vem e licitar o aeroporto até junho de 2018. Falta, agora, decidir se ele será oferecido sozinho ou num pacote com outros aeroportos, como será feito com os de Recife (PE) e de Cuiabá (MT), sem participação da Infraero.
Com movimento de 9 milhões de passageiros em 2016, o Santos Dumont é o segundo ativo mais valioso da Infraero, depois de Congonhas, em São Paulo, que registrou 20,81 milhões de passageiros no ano passado. Por isso, a concessão do aeroporto paulistano ficaria para outro momento, já que arrecadaria o dobro do valor do terminal do Rio, ou R$ 4 bilhões, segundo uma fonte do governo. Esses recursos seriam suficientes para cobrir todos os investimentos e as despesas que o governo teria caso resolvesse posteriormente acabar com a Infraero. Os funcionários da estatal, contudo, têm estabilidade no emprego até 2021.
A decisão de conceder o Santos Dumont à iniciativa privada foi tomada em reunião realizada na última sexta-feira entre os ministros Moreira Franco, da secretaria-geral da Presidência, Maurício Quintella, dos Transportes, e Eliseu Padilha, da Casa Civil. Mas o governo só vai bater o martelo sobre conceder o aeroporto carioca sozinho ou num lote de terminais em reunião marcada para esta segunda-feira (31).