Como conseguir atender às expectativas de diferentes faixas etárias em um mesmo evento?

[Panrotas, 06/07/2017]

Essa foi a questão colocada pelo diretor da MCI Brasil, Rodrigo Cordeiro, no primeiro debate realizado no Lamec 2017, que acontece hoje em São Paulo.

Para o COO da Mood/TBWA, Fabio Meneghati, essa questão passa muito além da faixa etária dos participantes. “Em vez de focar na idade das pessoas, é preciso olhar quais são os comportamentos delas e qual tipo de experiência elas gostariam de receber do evento. Afinal, uma experiência que pode ser boa para uma criança também pode ser boa para uma pessoa mais velha. E é nessa convergência que os eventos precisam focar”, destacou Meneghati.

Na opinião do diretor da Campus Party Brasil, Tonico Novaes, é importante também tornar os eventos mais lúdicos e promover a interatividade com os participantes. “Mesmo que seja um congresso, o evento não precisa ser chato ou ser realizado no modelo tradicional”, destaca Novaes, citando como exemplo a Campus Party, que tem sete palcos onde acontecem apresentações simultâneas que podem agradar a todos os gostos.