Lummertz pede ao trade apoio para transformar Embratur em agência

[Por  Mercado e Eventos, 25/05/2017]
O presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Vinicius Lummertz, reafirmou nesta quarta-feira (24), pedido de apoio a empresários e presidentes de associações empresariais do setor pela aprovação do Projeto de Lei que transforma a autarquia em agência. Para ele, o apoio é fundamental para a melhor atuação na promoção do País no exterior e mais agilidade no fechamento de parcerias com a iniciativa privada, por exemplo. “A Embratur será a 4ª geração de serviço social autônomo brasileiro, com o objetivo específico de atrair mais visitantes e, com isso, fortalecer o setor turístico e, consequentemente, reestruturar a economia do Brasil”, destacou o presidente.
Lummertz participou da reunião do Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade (Cetur) da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), composto por 26 associações empresariais nacionais de turismo e hospitalidade e por conselhos e câmaras de Turismo das Federações do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio) de todos os estados. Ele comentou ainda sobre as melhorias já implantadas no País para alavancar a vinda de turistas estrangeiros, como a liberação de vistos para norte-americanos, canadenses, australianos e japoneses.
Com a transformação, a nova Embratur passa a contar com um conselho de empresários do setor e representantes do governo, pois, de acordo com Lummertz, a questão da imagem do Brasil envolve não apenas o Turismo, mas, principalmente, centros de convenções e eventos, hotelaria, aviação e ministérios.“Estamos dispostos a dialogar com as mais diversas entidades do setor, pois, com solidez institucional, o Projeto de Lei ganha força e passa pela aprovação do Congresso. Só assim, teremos mais incentivo e melhores recursos no orçamento para a promoção turística internacional”, comentou o presidente do Instituto.
Estavam presentes na reunião o ministro do Turismo, Marx Beltrão, e os secretários Neusvaldo lima e Alberto Alves; os deputados federais Herculano Passos e Otavio Leite; e importantes entidades do setor, como ABIH Nacional, Abremar, ABEAR, ABR, ABEOC, ABETA, Convention Bureau, Fecomércio, Unedestinos e representantes de parques nacionais.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *