Evento marca os 40 anos da Abeoc em SC

[Por Brasilturis, 23/05/2017]
Entidades e instituições parceiras da Associação Brasileira de Empresas de Eventos de Santa Catarina (Abeoc), foram homenageadas em uma Sessão Especial em comemoração aos 40 anos da Abeoc, na noite de ontem, na Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina. Conduzida pelo deputado Valdir Cobalchini, proponente da sessão solene, que destacou a importância do setor para a economia catarinense. “Uma indústria sem chaminé e não poluente e de grande importância para o desenvolvimento do nosso estado”, destacou.
O segmento de eventos e turismo de eventos, segundo dados da Organização Mundial do Turismo – OMT, esse e um segmento que emprega 1 em cada 11 pessoas, e responsável por 9% do PIB. Em 2015, o segmento foi responsável por 6% da exportação mundial.
Cerca de 20 instituições receberam o troféu “amigas da Abeoc”, uma homenagem pelos trabalhos realizados em benefício do setor.
O secretário de Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan, que esteve representando o governador de SC, reforçou a importância de um olhar diferenciado para o segmento, pontuando que o Sul do país vive um momento único, pois com a união dos três estados do sul – RS, SC e PR para o desenvolvimento de campanhas de fomento ao turismo na região, com certeza todas as áreas têm a ganhar, pois são regiões com grande potencial e alta qualidade. “Com certeza teremos um impacto direto no crescimento de Santa Catarina, consequentemente, aquecendo a economia e favorecendo as empresas daqui”, destacou.
Uma pesquisa realizada pelo Sebrae em parceria com o Ministério do Turismo, intitulada O panorama das agências de viagens e operadores turísticos no Brasil, revelou que a região Sul fica atrás do Sudeste e Nordeste, respectivamente, quando se trata do número de empresas nestes segmentos. No Brasil há 32.211 agências de turismo, 27,83% delas em solo catarinense. O Estado fica atrás do Paraná e Rio Grande do Sul em número de empresas, com 1.419. Com relação aos operadores turísticos o cenário é semelhante. A região Sul figura em terceiro lugar nacional, com 14,27% dos operadores e Santa Catarina aparece em terceiro dentro da região, com 17,38%, ou 94 empresas.
O presidente da Abeoc-SC, Lucas Schweitzer, reforçou que o crescimento do associativismo, a união do trade e empresas e entidades coirmãs, contribuem para o fortalecimento do segmento. “Continuaremos a lutar pelas causas que fortaleçam o segmento, bem como que possibilitem a concorrência sadia, na luta por nossas bandeiras, como a questão da legislação, que influi diretamente nas licitações e na valorização dos nossos profissionais”, ressaltou o presidente da Abeoc.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *