Hotelaria de Alagoas projeta ocupação superior a 73% para o próximo feriado

[Por Hôtelier News, 27/04/2017]
Temporada recheada de feriados, 2017 rende números favoráveis para a hotelaria em destinos reconhecidos por sua oferta de lazer. O Estado nordestino de Alagoas não foge a essa tendência. As datas comemorativas têm rendido bons números para o turismo da região e para o próximo feriado, o Dia do Trabalhador, a expectativa é boa novamente. Segundo projeção da ABIH-AL (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Alagoas), a ocupação dos hotéis no período deve ser de, no mínimo, 73%.
A perspectiva está baseada nas reservas já feitas e no retrospecto de feriados do ano. Nas ocasiões passadas, Tiradentes e Semana Santa, a média se manteve, se comparada com 2016, atingindo 83% e 84%, respectivamente.
No entanto, a associação faz uma ressalva alertando que nem tudo é crescimento. Segundo a organização, apesar das ocupações se manterem, a hotelaria tem sofrido com o congelamento das tarifas. Muitos hotéis estão com os mesmos valores de 2014, dificultando o acompanhamento dos custos, que hoje estão bem acima, em comparação com três anos atrás.
De acordo com Marinho Vasconcelos, presidente da ABIH-AL, os dados da ocupação são resultados da parceria entre as entidades as entidades públicas e privadas do setor de turismo em Alagoas. “Com a parceria da Sedetur e Semtur, divulgamos e promovemos Alagoas em feiras e eventos de grandes mercados emissores regionais e nacionais. Não só Maceió, como também outros destinos do estado, Maragogi, Barra de São Miguel, Francês, São Miguel dos Milagres e Piranhas, por exemplo, que têm se fortalecido com o crescimento da hotelaria”.