Rio CVB chega a marca de 206 eventos captados até 2025

[Por Mercado e Eventos, 30/11/2016]
Uma cidade turística como o Rio de Janeiro não vive somente de lazer. Engana-se aquele que pensa que o ano está “feito” só de altas temporadas. É preciso realizar uma captação permanente de eventos, movimentar o corporativo, estratégia que o Rio Convention Bureau & Visitors mergulha de cabeça. Em entrevista ao M&E, durante a premiação da ABIH-RJ e Rio CVB, o diretor comercial Michael Nagy abordou os desafios e os frutos que a cidade colherá até 2025.
“A estratégia do Convention não começou ontem. Começamos lá em 2014, quando lançamos o projeto ‘Rio 2014, o Futuro de Oportunidades’ e o trabalho continua. Toda cidade que recebe uma Olimpíada, tem um esvaziamento de eventos, isto é normal, mas até 2025 já temos 206 eventos captados, o que mostra que a estratégia está dando certo”, disse Nagy.
Para o diretor, é hora de trazer mais grupos de incentivo, congressos, entre outros eventos. “A hotelaria é uma prioridade, porque é um investidor, mas o foco também é priorizar a infraestrutura e os canais de distribuição, como operadores, agentes e organizadores, que são tão importantes como a hotelaria para a cadeia produtiva”, completou.