Marta Rossi, presidente do Festuris: "apostamos na geração de negócios"

[Por  Diário de Turismo, 01/11/2016]
O FESTURIS Gramado – Feira Internacional de Turismo não dá bola para a recessão no país e, segundo seus organizadores, este ano serão mais de 2500 marcas que estarão expondo nos dois dias de feira, (4 e 5 de novembro) ultrapassando os números do ano anterior. Para a presidente do evento, Marta Rossi, mesmo com a forte participação do setor privado, o apoio dos órgãos públicos é fundamental. “O Ministério do Turismo é um grande parceiro e contamos sempre com ele. Damos as boas vindas ao novo ministro Marx Beltrão e desejamos que ele possa realizar um belo trabalho a frente da pasta”, afirma Marta ao DIÁRIO, confirmando a participação d novo ministro na abertura do Festuris, que acontece na próxima quinta-feira (3). O DIÁRIO entrevistou Marta para saber mais detalhes do Festuris, acompanhe:
DIÁRIO – Vocês terão a presença do novo Ministro do Turismo na abertura do Festuris 2016. Qual o impacto das recorrentes mudanças de representante no ministério para o festival de turismo de Gramado?
Marta Rossi – Nós vemos o Ministério do Turismo como um parceiro do evento e sempre contamos com a participação institucional em Gramado. Damos as boas vindas ao novo ministro Marx Beltrão e desejamos que ele possa realizar um belo trabalho a frente da pasta, pois seu sucesso será o sucesso do setor e também do FESTURIS Gramado.
DIÁRIO – Assim como Marx Beltrão, Vinicius Lummertz estará presente na abertura do evento. Qual é a relação do Festuris com a Embratur?
Marta Rossi – A Embratur sempre nos abre as portas para as demandas do evento e tem sido uma instituição parceira do evento. O presidente Vinícius Lummertz é amigo do FESTURIS e sua presença em Gramado só valoriza o evento, a feira e o congresso. Por ser uma instituição representativa do setor a nossa relação é muito próxima e produtiva.
DIÁRIO – Além da capacitação que será realizada durante o festival, como o Ministério apoia o Festuris?
Marta Rossi – A participação do ministério se dá através do espaço físico, da divulgação e apoio institucional e também através das capacitações como o Seminário de Enoturismo e o Lançamento da cartilha LGBT. Temos este ano uma participação muito forte do ministério.
DIÁRIO – Qual a expectativa de público para o evento deste ano? Quanto isso representa em crescimento em relação ao ano passado? E a estimativa de geração de negócios?
Marta Rossi – A expectativa é a melhor possível. Tivemos um aumento de 58% no número de inscrições antecipadas o que é um indício que teremos grande participação de público nos corredores da Feira e no Congresso. Mesmo em um ano de crise apostamos no crescimento de visitação dos profissionais do Turismo e também aumento da geração de negócios. Estes números poderão ser apontados ao final do evento. Este ano teremos a Faccat, Faculdade de Taquara, fazendo a pesquisa durante o evento, para mensurar os números.
DIÁRIO – O Festuris representa o Rio Grande do Sul durante o festival de turismo. Por que não realizá-lo em Porto Alegre?
Marta Rossi – Gramado é nossa sede desde a primeira edição há 28 anos. O FESTURIS é um evento que fomenta o turismo local, de toda a região e no estado. Acreditamos que a realização em Gramado é um diferencial que só agrega ao evento e também para a região que vive do Turismo. Hoje a Região das Hortênsias é um dos principais destinos turísticos do país. A realização do FESTURIS na cidade só contribui para este crescimento e fortalecimento do destino.
DIÁRIO – Um dos temas do congresso no Palácio dos Festivais será Gestão na Era da Economia Compartilhada. Como a gestão de negócios turísticos se encaixa na era da economia compartilhada?
Marta Rossi – O tema é muito relevante. Hoje a economia compartilhada é uma realidade e temos exemplo de sucesso como Uber, por exemplo. Este modelo precisa ser debatido amplamente e os negócios turísticos devem se adaptar ao modelo pois é uma realidade mundial e que se fortalece a cada ano. Acreditamos que trazer este tema para o Congresso FESTURIS é uma forma de colaborar com o crescimento do setor turístico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *