Airbnb: 86% dos brasileiros apoiam o modelo de serviço

[Por  Jornal de Turismo, 18/11/2016]
O Datafolha e a AirBnb divulgaram nesta quinta-feira (17) uma pesquisa que apontou que 86% dos brasileiros são a favor do conceito de compartilhamento de imóveis, onde os viajantes escolhem, reservam e pagam pela internet por, apartamentos, casas e quartos anunciados. Os resultados também mostram que 96% da população enxerga vantagens neste tipo de acomodação, especialmente na renda extra para quem aluga e economia para os viajantes. No total, sete de cada dez brasileiros acham que o Airbnb está ajudando as pessoas.
A pesquisa foi realizada entre 23 e 27 de agosto, em 130 cidades e a partir de 2.693 entrevistas. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.
A sondagem mostra outros números sobre a percepção do brasileiros acerca da hospedagem em Airbnb, com 92% dos entrevistados dizendo que se sentem seguros com procedimentos de verificação de identidade, que incluem fotos e avaliações de usuários, atendimento ao consumidor e monitoramento de segurança.
Outro dado revelado pelo estudo é o de que 76% das pessoas estão satisfeitas com a legislação atual sobre a locação por temporada ou gostaria de novas regras que não criassem restrições.
Confira alguns dos dados da pesquisa:
· 86% são a favor do compartilhamento de lares com viajantes pela internet;
· 96% veem vantagens nesse tipo de acomodação, especialmente renda extra para quem aluga e economia para os viajantes;
· 70% acham que o Airbnb está ajudando as pessoas;
· 76% acham que a legislação de aluguel de temporada é adequada ou quer novas regras que não restrinjam o Airbnb;
· 92% se sentiriam seguros com procedimentos com verificação de identidade, fotos e avaliações, atendimento ao consumidor e monitoramento de segurança;
· 62% discordam que o condomínio possa proibir proprietários de alugar por temporada;
· 71% discordam com o pagamento de impostos adicionais.