IBGE: desemprego cresce e atinge mais de 11,5 milhões

[Por  Panrotas, 17/08/2016]
O desemprego no Brasil segue em crescimento. De acordo com dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira, a taxa subiu no segundo trimestre para 11,3%. No total, hoje, são 11,6 milhões de pessoas sem emprego no País.
Segundo o instituto, esta foi a maior taxa já registrada desde o início da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (Pnad Contínua), em janeiro de 2012. Em relação ao primeiro trimestre de 2016, o número de desempregados subiu 4,5%. No comparativo ano a ano, as taxas deste período estão 38,7% maiores que as de 2015.
Outro dado, o de nível de ocupação, que indica a parcela da população ocupada em relação à população em idade de trabalhar, ficou em 54,6%. Destes, a média nacional para trabalhadores com carteira de trabalho assinada é de 77,3%. O IBGE mostra que o rendimento médio real do trabalhador brasileiro é de R$ 1,972.