Abremar: falta de competitividade leva Brasil na contramão do mercado mundial

[Por  Mercado e Eventos, 09/08/2016]
Falta de competitividade decorrente dos altos custos e impostos, legislação ultrapassada, falta de infraestrutura e outros quesitos fazem com que o mercado de cruzeiros marítimos no Brasil siga na contramão do mercado mundial. Esse foi o recado do presidente da Abremar, Marco Ferraz, na abertura do Dia de Cruzeiros, evento organizado no Rio de Janeiro pela Abav-RJ, nesta terça-feira (09) para cerca de 250 agentes de viagens, na Casa Brasil, no Pier Mauá. “Enquanto o mercado mundial ganha 1 milhão de novos cruzeiristas todos os anos, o Brasil viu em 6 anos, sua frota de 20 navios ser reduzida para apenas 7, que é o previsto para este ano”, alertou o dirigente.
A previsão para 2017 chega a marca de 25 milhões de cruzeiristas, com investimento e 27 novos navios e um total de 26 mil leitos. Os números foram destacados pelo executivo da Abremar ao lembrar que o mercado atualmente conta com 500 mil leitos, gerando negócios na ordem de US$ 120 bilhões. “A Clia Abremar conta atualmente com 72 armardores, 30 mil agentes associados de 20 mil agências e 15 escritórios no mundo. O mercado mundial de cruzeiros cresce e conta com mil portos atualmente”. Ele destacou na palestra sobre cruzeiros no mundo o fato de que 68% dos passageiros querem fazer um novo cruzeiro e 69% atribuem isso ao custo/benefício.
Em relação ao mercado brasileiro, Ferraz lembrou as negociações feitas pela Abremar para reduzir taxas portuárias e abrir novos portos. “Atualmente os gastos das companhias chegam a R$ 150 milhões por ano, apenas com taxas e impostos e estamos negociando no congresso medidas para reduzir esse volume em até 40%. Dos novos portos estamos em negociação com Balneário Camboriú, Florianópolis, Vitória e destinos na Bahia como Morro de São Paulo”, acrescentou.
O evento foi aberto pela presidente da Abav, Cristina Fritsch, que destacou o sucesso da quarta edição do evento e agradeceu o apoio do MTur. “Já realizamos um evento reunindo empresas de cartões de crédito e agora com as principais companhias de cruzeiros. Vamos estender esse programa a outras áreas”, adiantou. Participam do “Dia de Cruzeiros” as empresas Costa Cruzeiros, NCL, Discover, Blue Sea, MSC, Transmundi, Qualitours, CVC, entre outras.
O evento que se estende durante todo o dia conta com a participação do secretário estadual de Turismo, Nilo Sérgio Felix, além do presidente da Bito, Salvador Saladino, o presidente da Riotur José Carlos Sá, o diretor da Embratur, Gilson Lyra,  a CEO da Braztoa, Mônica Samia,  o presidente da Abav Nacional, Edmar Bull,  a presidente da Abeoc-RJ, Fátima Curi,  a gerente do Rio CVB, Márcia Pessoa,  o diretor de Marketing do MTur, Márcio Nascimento, a coordenadora de Turismo Responsável do MTur, Isabel Barnasque e Douglas Viegas, da ABIH-RJ.
O presidente da Abav Nacional, Edmar Bull destacou em sua explanação o programa “Abav Portas Abertas” e deu informações sobre a próxima edição da Expo Internacional, em setembro. Já Mônica Samia, CEO da Braztoa, falou sobre o Passaporte Braztoa e o Programa Braztoa Sustentabilidade. Em seguida cada representante das companhias falou sobre lançamentos, novidades e produtos.