Turismo de negócios volta a decolar em Curitiba

[Por Bem Paraná, 30/09/2015]
As viagens de negócios voltaram a decolar em Curitiba em 2015. É que após amargar um 2014 ruim por conta da Copa do Mundo e das disputas eleitorais, o setor de turismo de negócios voltou a crescer. De acordo com o Curitiba Convention & Visitors Bureau (CCVB), houve um aumento no número de eventos e de visitantes que vem à Capital, considerada o quinto principal destino para eventos corporativos no Brasil.
No começo do ano, a CCVB estimava que a Capital receberia cerca de 300 eventos técnico-científicos e comerciais, 17 a mais que em 2014. Já o número de participantes cresceria 5%, chegando a 324 mil pessoas. Somando-se os gastos em hospedagem, alimentação, transporte e compras, a estimativa era que os eventos injetassem quase R$ 168 milhões na economia local, 22% a mais que em 2014. Os resultados até aqui, no entanto, são ainda melhores que o esperado.
“Realmente, o ano de 2015 tem sido melhor do que foi 2014. Além de receber grandes eventos, estamos captando novos eventos para o futuro. Então está sendo bem positivo, algo em torno de 10% acima do esperado. Temos conseguido captar bastante coisa para a cidade”, afirma Adonai Aires de Arruda Filho, presidente da CCVB.
Segundo Adonai, alguns fatores são determinantes para a retomada de crescimento do setor. Um deles é a infraestrutura, como o sistema de transporte coletivo de qualidade (especialmente se comparado com o de outras capitais do país) e a boa malha aérea. Outro são os preços mais razoáveis, especialmente se comparado com outros centros como Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília.
Com tantos atrativos, a expectativa é que o setor cresça cada vez mais fortemente e consistentemente. Atualmente, 58% do turismo na Capital é de negócios e 42%, de lazer. Nos próximos anos, no entanto, a tendência é que os eventos corporativos conquistem uma importância ainda maior para a economia da cidade.