São Paulo aposta na alta de 10% de turistas em 2015

[Por Mercado e Eventos, 20/10/2015]
Se o Brasil sofre com a crise econômica, São Paulo, não. A afirmação é da diretora de Turismo da SPTuris, Luciane Leite, e do secretário de Turismo do Estado de São Paulo, Roberto de Lucena. A expectativa dos representantes do turismo local apostam que com a alta do dólar, o visitante doméstico cresça ainda mais.
“Acreditamos em um crescimento de 10% no número de visitantes nacionais nesse período de alta da moeda americana. Já observamos isso pelo aumento dos eventos que não param de acontecer, além do lazer. As pessoas estão aproveitando para esticar a estadia para conhecer nossos atrativos”, disse Luciane Leite.
Em 2014, o estado recebeu 15,3 milhões de turistas, sendo 13,5 milhões nacionais e o restante de estrangeiros. “Só no primeiro semestre, nossa ocupação hoteleira ficou em 66,47%. Agosto foi ótimo, com 70%”, ressaltou a diretora da SPTuris.
Ainda de acordo com  Roberto de Lucena, o turismo da também cresce com mobilidade do próprio morador do estado. “Eles estão viajando mais dentro do estado. Hoje, cidades do interior estão registrando uma ocupação hoteleira em torno de 85%”, destaca o secretário.
2014 – São Paulo se estabeleceu como o terceiro destino mais visitado do Brasil, atrás de Florianópolis e Rio de Janeiro. No ano passado, era o sétimo. “São Paulo tem vocação para o turismo de negócios. Isso já sabemos. Mas queremos mostrar a quem vem que é possível se divertir e passear por aqui”, diz Luciane. Segundo a São Paulo Turismo, são quase 300 salas de cinema, 122 teatros e casas de espetáculo, 70 shoppings, dezenas de centros culturais e 12,5 mil restaurantes de 52 nacionalidades.