“Olimpíadas no Brasil serão um sucesso”, defende Vinicius Lummertz

[Por Embratur, 21/10/2015]
Em entrevista ao prestigiado programa de TV norte-americano Quest means Business, veiculado pela rede CNN, o presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Vinicius Lummertz, garantiu que mais de 85% das obras para as Olimpíadas e Paralimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro, estão prontas. Para Lummertz, o País está preparado para oferecer infraestrutura e organização adequadas aos milhares de atletas e turistas estrangeiros.
O presidente respondia um questionamento do entrevistador, o jornalista Richard Quest, que usou o exemplo da Copa do Mundo. “Aprendemos muito com os eventos que realizamos desde 2007, com os Jogos Panamericanos, a visita do Papa Francisco, a Copa das Confederações e a Copa do Mundo. Além disso, fortalecemos nossa infraestrutura, em especial a aeroportuária. Para desapontamento dos pessimistas, não haverá correria de última hora”, comentou Lummertz na entrevista, que foi ar na última sexta-feira (16) e reprisada nesta segunda (19).
O presidente da Embratur também informou ao programa que acredita no incremento do fluxo turístico norte-americano para o Brasil durante as Olimpíadas, em especial por conta da aprovação do projeto que permitirá a suspensão da necessidade do visto de entrada no país (a proposta foi aprovada pela Câmara e está na iminência de passar por votação no Senado). Em conversa com o jornalista norte-americano, Lummertz revelou que é favorável à liberação da necessidade do visto de maneira definitiva.
A entrevista com Richard Quest foi o último compromisso do presidente da Embratur em viagem realizada aos Estados Unidos com o foco principal em motivar segmentos da mídia norte-americana, visando as Olimpíadas e Paraolimpíadas de 2016. Lummertz ainda proferiu palestra no Fórum Global Skift, considerado um dos maiores eventos de negócios criativos na indústria global de viagens.
Vinicius também esteve com os produtores e redatores da rede NBC, que vai participar com grande equipe da cobertura dos Jogos Olímpicos. A ideia da Embratur é que os jornalistas norte-americanos aproveitem o momento para mostrar outros destinos turísticos do país, e não só o Rio de Janeiro. Além disso, foi recebido pelos editores da Travel and Leisure, a maior revista do mundo, no segmento de turismo de luxo.
“Durante todo o ano que vem, o Rio de Janeiro será o cartão-de-visita e a porta de entrada para uma nação que tem muito a oferecer ao turismo em termos de belezas naturais, esportes, gastronomia e cultura. Propomos que a emissora de TV e os turistas do mundo inteiro visitem outras cidades brasileiras antes, durante e após os Jogos”, reforçou Lummertz.
Confira entrevista completa em http://migre.me/rS5RI.