"Chuvas não prejudicarão Festuris", garante Marta Rossi

[Por Mercado e Eventos , 27/10/2015]
A empresária Marta Rossi, coordenadora do Festival de Turismo de Gramado (Festuris), que acontece entre os dias 5 e 8 de novembro, no Palácio do Festivais, acalmou o trade após a matéria veiculada no Jornal Nacional sobre os bloqueios em seis rodovias que levam à Serra Gaúcha. De acordo com ela existe uma rota de excelente trânsito entre Gramado e Porto Alegre e a viagem pode ser feita com total tranquilidade.
“Trata-se do caminho feito por Nova Petrópolis, que percorre a BR-116, passando por cidades como São Leopoldo, Novo Hamburgo, Dois Irmãos, Picada Café e Nova Petrópolis. Esse caminho é conhecido como a Rota Romântica, uma estrada totalmente pavimentada, bem sinalizada e de fácil trânsito que, além de segura, apresenta uma bela paisagem. O trade levará apenas 15 minutos a mais para chegar ao destino”, disse Marta Rossi.
A Empresa Gaúcha de Rodovias confirmou ao MERCADO & EVENTOS que a RS 235 está totalmente liberada, porém a RS 115 permanece com alguns bloqueios. Já o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) afirmou que só consegue divulgar as condições climáticas até o dia 31 de outubro. O órgão informou ainda que chuvas mais intensas devem acontecer partir de quinta-feira (29) seguindo até sábado (31).
“Na região da Serra Gaúcha, a tendência é que a partir de terça-feira (3 de novembro), o tempo melhore com possibilidade de no máximo chuvisco seguindo pelos dias 4 e 5”, disse o meteorologista do Inmet RS, Rogério Resende.
Festuris – O evento terá seis salas de capacitação. E os visitantes poderão acompanhar por um aplicativo no celular o tema da palestra e da programação fornecidos pelo dispositivo Beacon. Também haverá um ponto de wifi grátis para facilitar o acesso a internet dos visitantes e expositores.
A organização do evento espera também um crescimento no volume de agendamentos por meio do Buyers Club. Segundo Eduardo Zorzanello, que coordena o Festuris com Marta e Marcus Rossi confirmou que a ideia é chegar a marca dos 1.500 num crescimento superior a 10% em relação a última edição. Já as caravanas internacionais vindas da Europa, Estados Unidos e América Latina devem superar a marca de 130 representantes.
A partir deste ano o Festuris terá um estado anfitrião, a exemplo do que já acontece com outras feiras, como a Abav-Expo. E o estado escolhido foi o Rio Grande do Sul que apresentará sua cultura e gastronomia, já na solenidade de abertura. “Decidimos já a partir desta edição ter um estado anfitrião e nada mais adequado do que o Rio Grande do Sul, estado que Gramado faz parte”, explicou Marta Rossi.
A organização do evento espera também um crescimento no volume de agendamentos por meio do Buyers Club. Segundo Eduardo Zorzanello, que coordena o Festuris com Marta e Marcus Rossi confirmou que a ideia é chegar a marca dos 1.500 num crescimento superior a 10% em relação a última edição. Já as caravanas internacionais vindas da Europa, Estados Unidos e América Latina devem superar a marca de 130 representantes.
“Esse ano, a previsão é de crescermos 3% em participação em relação ao evento de 2014. Diversas empresários influentes do trade nacional já confirmaram presença. Isso mostra a importância do Festuris. Em um ano de crise, vamos crescer”, destacou Marta Rossi.