Presidente da Embratur defende união entre países para incrementar turismo de eventos

[Por Notícias do Dia Online, 01/09/2015]
Na abertura da 4ª edição do Encontro Latino-Americano da ICCA (Internacional Congress and Convention Association), realizada nesta terça-feira (1º) em Natal (RN), o presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Vinícius Lummertz, pediu aos associados da entidade que aumentem ainda mais a troca de informações e a confiança entre os parceiros para incrementar o setor de turismo de eventos.
Para Lummertz, os dados são de extrema importância para movimentar os setores que se envolvem com o turismo. “O segmento de negócios e eventos merece atenção diferenciada, pois movimenta mais do que o dobro de recursos que o turismo de lazer. Perdemos muito tempo procurando os caminhos. Agora que conhecemos, vamos recuperar esse tempo”, enfatizou o presidente da Embratur.
Pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas, a pedido da Embratur em 2014, mostra que os turistas de negócios e eventos gastam em média US$ 329,39 (R$ 1.209,49) por dia no Brasil, número quatro vezes maior que as despesas dos visitantes internacionais em viagens de lazer.
Desde 2013, quando a Embratur passou a se dedicar exclusivamente à promoção do Brasil no exterior como destino turístico, os congressos e convenções de negócios realizados no país registraram um aumento de 369%. Conforme os dados do ICCA, entre 2003 e 2014, o total de eventos passou de 62 para 291. No mesmo período, o número de cidades que sediaram esse tipo de evento subiu 177%, passando de 22 para 61. A ICCA América Latina tem 83 membros de 14 países.