Festuris anuncia novidades para sua 27ª edição

[Por BRASILTURIS JORNAL, 10/09/2015]
A 27ª edição do Festival de Turismo de Gramado (Festuris) acontece de 5 a 8 de novembro na Serra gaúcha, na cidade de Gramado e vem repleta de novidades e atrações. Considerada a mais importante e rentável feira de negócios turísticos da América Latina, já bateu recordes de inscrições, alcançando com  30 dias, um volume de mais de 2 mil inscritos.
Em conexão com o mundo, o Festuris é a melhor plataforma de negócios B2B para o mercado brasileiro e sul-americano. Na edição de 2015 os participantes vão encontrar muitas novidades, reflexo das principais tendências mundiais.
Salão de Destinos Gastronômicos
Uma das grandes novidades da 27ª edição do Festuris é o Salão de Destinos Gastronômicos. Integrado ao salão do Enoturismo, será a vitrine da gastronomia no evento e contará com formato inovador.
Arena Gastronômica: espaço do Salão de Destinos Gastronômicos – nela chefs renomados, mestres cervejeiros, barristas e sommeliers serão desafiados a mostrar um pouco da gastronomia dos destinos presentes ao longo da Alameda Gastronômica.
Alameda Gastronômica: um projeto temático, que pretende através de fachadas conceituais e de paisagismo diferenciado lembrar uma via repleta de restaurantes, bares e cafés, que mostrará aos participantes do Festuris um pouco destino que está conhecendo.
Tecnologia
O aplicativo do Festuris terá um recurso que permite o escaneamento do cartão de visitas, sendo que gera o armazenamento desse contato de forma instantânea, facilitando negócios e a segurança do arquivamento de networking durante a feira.
Através do sistema de notificação beacons, um sistema de notificação por proximidade, os visitantes vão receber informações atualizadas em diferentes espaços da feira, a partir do acesso do aplicativo na entrada feira. Serão instalados 12 pontos que vão notificando o que está acontecendo na feira, quando o visitante passa próximo ao sinal. Cada sinal tem alcance aproximado de 30 metros quadrados.
Pesquisa
O Festuris conta pela primeira vez com um Instituto de Pesquisa para fazer o dimensionamento e o impacto econômico do evento. Segundo a diretora da feira, Marta Rossi, “sairemos do chutômetro para trabalhar com dados reais”.