Eventos técnico-científicos no Rio devem gerar receita de US$ 1,9 bilhão

[Por  Revista Eventos, 14/08/2015]
Dados do Rio Convention & Visitors Bureau apontam que o Rio de Janeiro terá um dos melhores anos no segmento de congressos, feiras e convenções. De acordo com o calendário de eventos da fundação, 2015, até o momento, já conta com 263 congressos, sendo 195 nacionais e 68 internacionais. Juntos, eles têm previsão de gerar para a cidade uma receita estimada em US$ 1,9 bilhão (dólares), através dos 1.4 milhão de congressistas que o Rio deverá receber. Em 2014, o calendário fechou com 154 eventos técnico-científicos. Já em 2013, foram 159, com a presença de 195 mil congressistas.
“O extensivo trabalho do Rio CVB no mercado MICE (Meetings, Incentives, Conferences and Exhibitions), as parcerias com entidades de turismo, além do apelo turístico do Rio de Janeiro e a exposição que a cidade tem recebido desde o anúncio dos eventos esportivos, são grandes aliados na captação destes congressos”, explica o presidente-executivo do Rio CVB, Alfredo Lopes.
Dos 263 eventos técnico-científicos registrados no calendário da entidade, 56 acontecerão na Barra da Tijuca, contando com 822 mil participantes e receita estimada em US$ 1 bilhão (dólares). A Zona Sul recebe 108 destes eventos, que devem gerar uma economia de, aproximadamente, US$ 102 milhões (dólares) através dos seus 75 mil congressistas. Já o Centro da cidade será palco de 99 feiras, convenções e congressos. O destaque fica por conta da 27ª Conferência Internacional de Cartografia, que será realizada entre os dias 23 e 28 de agosto, no Centro de Convenções SulAmérica, com 1.200 congressistas.