Prefeitura de SP busca iniciativa privada para Anhembi

[Por  Panrotas, 18/05/2015]
Por meio da São Paulo Turismo (SPTuris), a Prefeitura de São Paulo anunciou um chamamento público, com o intuito de receber propostas direcionadas à ampliação e modernização do Anhembi, maior complexo de eventos do País situado na zona norte de São Paulo.
A ideia é buscar projetos de parceria com a iniciativa privada, para que a atual área de do Anhembi seja reformada e ampliada, fazendo com que a administração economize recursos públicos ao mesmo tempo em que proporciona modernização, otimização, expansão e manutenção do local, oferecendo ao público equipamento e serviços mais adequados.
“Se nós não modernizarmos o Anhembi, ele vai ficar obsoleto. É o melhor lugar da cidade para fazer uma exposição, mas você precisa dar as melhores condições para os expositores”, afirmou o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad.
O modelo da futura parceria ainda não está definido, segundo o secretário municipal para Assuntos de Turismo e presidente da SP Turis, Wilson Poit. “Não se trata de privatização. Poderá ser uma concessão, sociedade ou outro tipo de parceria com a iniciativa privada. O chamamento servirá para a apresentação de projetos e soluções, mas caberá à Prefeitura modelar, regular e dispor sobre os termos e condições da parceria e da execução dos serviços”, explica.
Os projetos devem abranger plantas de engenharia, arquitetura, estudos de viabilidade técnica e econômica, exploração comercial do local e outros. Assim que eles forem recebidos, uma comissão ficará à frente da análise e da elaboração de um caderno técnico com o modelo e as obrigações definidas. Só então será lançado o edital para licitação.
“As melhorias no Anhembi poderão ser feitas sem afetar o projeto arquitetônico original das áreas tombadas, deixando o potencial do complexo de eventos ainda maior, lembrando que ele já tem datas reservadas até 2020”, lembra Poit.
A área que será objeto do chamamento público tem quase 300 mil metros quadrados (no total, o Anhembi tem cerca de 400 mil metros quadrados) e compreende o Pavilhão de Exposições (76 mil metros quadrados, que deverá ser reformado), o Palácio de Convenções do Anhembi, o Auditório Elis Regina e o estacionamento. O Polo Cultural e Esportivo Grande Otelo (Sambódromo) não será incluído.
A apresentação projetada na coletiva está disponível no endereço: spturis.com/novoanhembi
SOLUÇÕES DE ESTACIONAMENTO
Um dos pedidos para os potenciais parceiros será a busca de soluções de estacionamento, considerando que será viabilizado o incremento no acesso ao local por meio de transporte público, ação que poderá consumir algumas vagas atuais. Entre as alternativas para melhoria no acesso, está a construção de uma interligação do Anhembi com o metrô.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *