Turismo e Convention Bureau atuam na atração de eventos

[Por Jornal de Turismo, 24/04/2015]
A realização da Feira Nacional do Coco (Fenacoco), em Salvador ou município da Costa dos Coqueiros, começou a ser analisada nesta sexta (24), pelo secretário do Turismo, Nelson Pelegrino, em reunião com o presidente do Instituto ECoco, Francisco Bezerra de Menezes; do Convention Bureau, José Alves Filho; e do superintendente de Investimentos em Polos Turísticos da Setur, Fernando Ferrero.
Os organizadores querem manter o evento na Bahia, onde foi realizado em 2014, com o apoio do Governo do Estado, por meio das secretarias da Agricultura, do Turismo e do Desenvolvimento Econômico. A proposta apresentada pelo Instituto ECoco tem o apoio do Convention Bureau, instituição que atua no fomento do turismo de eventos no Estado.
O secretário Nelson Pelegrino comentou a importância do incremento das atividades relacionadas à produção de coco, produto apreciado por turistas durante a estada na Bahia. “A feira oferece, ainda, oportunidade para o aperfeiçoamento do núcleo de artesanato, que ganha ênfase como produto turístico”, disse.
A Fenacoco reúne produtores, empresários, cooperativas, artesãos, pesquisadores, professores, estudantes e demais interessados na sustentabilidade dos vários tipos de coco existentes no mundo. A feira tem a expectativa de receber, em média, 1.200 visitantes por dia. Cerca de 50% deles vêm de outros estados e incrementam a ocupação da rede hoteleira.