500 dias para as Olimpíadas Rio 2016: Padilha detalha preparação do setor

[Por  Diário do Turismo, 25/03/2015]
A partir de terça-feira (24), começa a contagem regressiva de 500 dias para a abertura das Olimpíadas Rio 2016. Enquanto isso, a Secretaria de Aviação Civil (SAC) acelera suas ações para deixar os aeroportos brasileiros preparados para receber cerca de 3 milhões de passageiros – sendo 400 mil estrangeiros – e as delegações de 205 países que virão ao Rio em 2016 para as olimpíadas e paraolimpíadas.
Para atender essa quantidade de pessoas – o equivalente à população de Salvador (BA), por exemplo – a SAC coordena um plano de ações que envolve instituições públicas e privadas, além das próprias concessionárias dos nove aeroportos envolvidos na operação: Galeão e Santos Dumont, no Rio de Janeiro; Guarulhos, Congonhas e Viracopos, em São Paulo; Juscelino Kubitschek, em Brasília; Confins, em Belo Horizonte; Brigadeiro Eduardo Gomes, em Manaus; e Luiz Eduardo Magalhães, em Salvador.
“Não somos marinheiros de primeira viagem. Já testamos nosso planejamento em eventos de grande porte, como a Rio +20, a Jornada Mundial da Juventude, a Copa das Confederações e a Copa do Mundo”, afirma o ministro da Aviação, Eliseu Padilha.
Segundo o ministro, o objetivo é fazer um trabalho ainda melhor do que foi realizado na Copa do Mundo, quando foram registrados apenas 6,98% dos voos com atraso. “Essa é a prova de que estamos preparados para o trabalho”, avalia.
Planejamento
O plano para as olimpíadas aborda temas como a classificação da forma de controle dos aeroportos envolvidos, prioridades em pousos e decolagens, a utilização das bases aéreas para receber chefes de Estado, entre outros. (Secretaria de Aviação Civil)
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *