MCI Brasil adquire Acqua Consultoria e AB Eventos, e assume Campus Party

[Panrotas, 10/02/2015]
MCI Brasil adquire Acqua Consultoria e AB Eventos, e assume Campus Party
Juliano Lissoni, diretor-geral da MCI Brasil, não revelou o volume da operação, mas afirmou que nas operações foram usados recursos do caixa da empresa.
A MCI Brasil, sociedade formada em 2009 após a fusão entre a Alatur JTB, do setor de viagens corporativas, e a suíça MCI, especializada em eventos corporativos, assinou semana passada duas aquisições para acelerar o ritmo de crescimento do grupo no país.
A companhia assumiu os controles da Acqua Consultoria, de Rodrigo Cordeiro, especializada no setor de eventos para as áreas de infraestrutura, meio-ambiente e energia, e da AB Eventos, de Andréia Brum, voltada para eventos da área médica.
A proposta é que os dois permaneçam na empresa por mais 10 anos, atuando na diretoria de Juarez Carvalho (da JZ Congressos, empresa adquirida no ano passado), Rodrigo como diretor de PCO (da sigla em inglês Professional Congress Organizers) e Andréia como gerente da MCI Sul, englobando RS, SC e PR.
Juliano Lissoni, diretor-geral da MCI Brasil, não revelou o volume da operação, mas afirmou que nas operações foram usados recursos do caixa da empresa. Essa negociação coaduna com a previsão feita por Roger Tondeur, presidente e fundador da MCI, em entrevista exclusiva a Revista Eventos em 2013, quando afirmou “pretender ser líder do mercado de eventos no Brasil, senão em 2014, em 2015”, ressaltando, no entanto, “preferir ser mais relevante do que maior.
Ser maior, muitas vezes, implica ter volume, mas não necessariamente um serviço referenciado. O nosso foco é sermos a melhor”.
O diretor-geral da MCI Brasil disse que além dos segmentos de educação e saúde, vai buscar oportunidades de expansão em outros segmentos de elevada taxa de crescimento, como tecnologia e mídias digitais, como a parceria estabelecida na semana passada com a Fu.
“Foi por isso que a MCI acertou esta semana uma parceria com a Futura Networks, para assumir a organização da Campus Party no Brasil a partir de 2016”, citou Lissoni.
Com os eventos agregados por essas negociações, a MCI Brasil planeja movimentar R$ 120 milhões de reais em 2015, 76,5% mais que os R$ 68 milhões que a empresa movimentou em 2014.
“Somente o acréscimo decorrente da incorporação da Acqua e da AB Eventos representará um crescimento de 50% no faturamento da MCI em 2015. Nosso plano é dobrar novamente de tamanho até o fim de 2016”, disse Juliano Lissoni.
O executivo afirmou que a receita liquidada empresa representa de 10% a 12% do valor movimentado em cada evento, uma vez que a natureza desse segmento de atividade é gerenciar serviços ligados aos eventos, da recepção à divulgação, passando por segurança, limpeza e logística.