Homens ainda viajam mais que as mulheres

[Jornal de Turismo, 06/02/2015]
crescimento da independência feminina, o número de homens ainda é muito maior que o de mulheres nas viagens. Mas agora a observação é comprovada em pesquisa.
Um estudo feito na base de dados da MalaPronta.com, empresa de turismo especializada em plataformas online para reservas de hotéis em todo o Brasil, mostra que 61% das reservas feitas durante o último ano foram realizadas por homens, enquanto apenas 39% foram de mulheres.
A presença masculina é maior em todos os tópicos pesquisados, tanto nas viagens de negócios como nas de lazer. Das 23.335 viagens feitas durante dias de semana, por exemplo, 67% das reservas foram realizadas por homens. Eles também aparecem na frente nas viagens de fim de semana: 61% contra 39% das mulheres.
Os homens também gastam mais durante as viagens. O levantamento mostrou que o valor médio gasto pelos homens é de R$ 408,30, enquanto o das mulheres fica em R$ 381,36. E mesmo nos finais de semana os homens são maioria: 61% das reservas são feitas por homens. Os destinos mais procurados, por homens e mulheres, foram São Paulo, Curitiba e Rio de Janeiro.
Eliane Richards, executiva da MalPronta.com, especialista em relacionamento com o cliente, aponta que os motivos da prevalência masculina podem estar na estrutura das famílias, especialmente nas viagens de negócios.
“Percebemos um número crescente de mulheres em posições estratégicas nas empresas, mas muitas evitam funções que exijam viagens e afastamento das famílias por muito tempo, pois a maioria acumula os cargos que têm nas empresas com seus papeis familiares, de mães e ‘chefes’ da casa”, argumenta.
Leandro Carvalho, CEO e gerente geral da MalaPronta.com, analisa os dados da pesquisa com otimismo. “Os números mostram que os homens estão ‘ligeiramente’ na frente, mas a situação é de equilíbrio. O que nos anima e alegra é ver que mais e mais pessoas estão optando pelas facilidades do mundo online”, afirma.