Autoridade Pública Olímpica promove seminário no Rio

[Jornal de Turismo, 05/02/2015]
Na manhã desta terça-feira, 03/02, o Ministro do Turismo, Vinicius Lages, acompanhado do general Fernando Azevedo e Silva, presidente da Autoridade Pública Olímpica; Nilo Sergio Felix, secretário de Estado de Turismo do Rio de Janeiro; Antonio Pedro Viegas Figueira de Mello, secretário especial de Turismo do município do Rio de Janeiro; Mario Andrada, diretor executivo de comunicação do Comitê Rio 2016 e Joel Menin, assessor especial do Ministério dos Esportes se reuniram na cerimônia de abertura do Seminário de Turismo no Centro Cultural Caixa, no Centro do Rio.
O evento onde serão desenvolvidas ações para os Jogos Olímpicos de 2016 será realizado nos dias 03 e 04/02.
Durante a abertura, as autoridades comentaram sobre o bom momento vivido pelo Brasil após a realização da Copa do Mundo de 2014 e a importância de elevar, através dos jogos Rio 2016, a imagem não só do Rio de Janeiro, mas do Brasil, na lista dos principais destinos turísticos do mundo.
Vinicius Lages voltou a defender a criação do Passaporte Olímpico, para facilitar a vinda de profissionais e turistas ao Brasil durante as competições e falou sobre a ampliação da oferta hoteleira com a criação de cerca 11.000 leitos a mais do que o planejado, além da implantação de meios de hospedagens alternativas.
O ministro afirmou ainda, que o Governo Federal está tomando medidas para que a crise da falta de água não tenha nenhum efeito sistêmico que possa afetar o setor e, principalmente, as Olimpíadas.
O general Fernando Azevedo e Silva ressaltou que o seminário é uma iniciativa da APO para promover a integração do governo federal, estadual, municipal, o Comitê Rio 2016 e os entes ligados ao tema nos dois dias do evento para desenvolver operações e serviços.
“No dia 28/01, fizemos uma atualização da Matriz de responsabilidades e percebemos os avanços”, frisou o general.
Nilo Sergio Felix, secretário de Estado de Turismo, afirmou que o interior do Estado está preparado para receber turistas e delegações. Além disso, ressaltou que a Setur-RJ está promovendo o cadastramento de todo o equipamento turístico do Estado, a fim de criar facilidades para quem estiver no Rio de Janeiro durante o evento.