Turismo é oportunidade para empreender

[ASN, 12/01/2015]

Vitória – Viagens pelo território nacional está em alta para os brasileiros. É o que demonstra a Sondagem do Consumidor – Intenção de Viagem, realizada pelo Ministério do Turismo (MTUR).
O estudo revela que 69,6% dos brasileiros que tem pretensão de viajar devem eleger o próprio país como destino. E com praias e montanhas tão próximas, o Espírito Santo pode oferecer diversas possibilidades aos turistas. O Sebrae no Espírito Santo orienta que pode ser um bom momento para aqueles que desejam empreender.
A analista de Atendimento Individual do Sebrae no estado, Jéssika Tristão, destaca alguns dos principais campos de atuação que recebem uma demanda diferenciada durante as férias. “Nesse período, o setor do comércio abre um leque de oportunidades.
Pequenos negócios voltados para o mercado de alimentação, como bares, restaurantes, padarias, supermercados, mercearias, além de lojas de moda praia e roupas de banho, empresas de gás e água ou serviços focados no turista que vem ao estado, como hospedagem e hotelaria e transporte, são os setores mais movimentados”.
A analista Jéssika Tristão observa que é necessário estar atento ao mercado, às necessidades dos turistas e, especialmente, preparado para atender ao período de alta temporada, que requer uma preparação especial. “A contratação temporária é comum nesses casos. E deve haver uma atenção especial para o treinamento de pessoal.
É preciso garantir um atendimento padronizado, com agilidade, pois em função da demanda muito grande o cliente pode acabar insatisfeito com demora e atrasos. Inovar ou mudar algum produto ou serviço também é uma boa opção. Sem esquecer de manter um estoque razoável e boa estrutura para armazenamento, principalmente de alimentos. Caso contrário, é insatisfação garantida”, ressalta.
Maria Lúcia Domingues Porto, proprietária da Art & Corpo, loja multimarcas de moda praia, localizada no município de Piúma, conta que já está acostumada a trabalhar junto com sua equipe em busca da melhor forma de atendimento ao cliente.
“Sempre falo com meus funcionários que devemos nos colocar no lugar de quem estamos atendendo. Buscar oferecer os melhores produtos e prestar um atendimento diferenciado são alguns requisitos básicos em nossa equipe. Conquistar os clientes não só pela qualidade dos produtos, mas principalmente pelo tratamento especial que você mesmo gostaria de receber”, observa.
Para os empresários e empreendedores que já mantêm ou pretendem nutrir o negócio conectado nas redes sociais, uma dica que Jéssika dá é promover temas que sejam úteis e que realmente atraiam a atenção do cliente. Segundo ela, não adianta trabalhar com alimentação saudável e postar fotos somente dos pratos que vende, por exemplo.
É necessário produzir posts sobre alimentação em geral, dar dicas de como montar um prato mais nutritivo e menos rico em calorias e postar fotos de promoções, bem como de outros serviços e produtos que o negócio possa oferecer.
Já que para atender melhor à demanda o mercado exige capacitação, a analista lembra que o Sebrae no Espírito Santo tem uma programação diversificada e acessível a todos. Os especialistas podem orientar e indicar uma boa oportunidade para empreender ou melhorar o faturamento dos empresários que já atuam no mercado.
Trabalhamos com consultorias, treinamentos, seminários, eventos, publicações, entre outros serviços para auxiliar o empreendedor. Este mês ainda há vagas disponíveis para cursos, oficinas e palestras como Boas práticas no serviço de alimentação; Atendimento a clientes – obtendo resultados com a satisfação do cliente, Qualidade no relacionamento com o cliente; Como atrair, conquistar e manter clientes; Aumentando suas vendas com criatividade; Os menos que são mais – Redução de desperdício; entre outras capacitações.