Embratur: turista de negócios gasta quatro vezes mais

[FBHA, 14/01/2015]
O gasto médio diário do turista estrangeiro que visita o Brasil a negócios ou para participar de eventos é de US$ 329,39 por dia, o que representa quatro vezes mais do que o visitante a lazer, que é de US$ 73,77.
Os dados foram aferidos na pesquisa “Impacto Econômico Dos Eventos Internacionais Realizados no Brasil” desenvolvida pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) para a Embratur.
A pesquisa foi realizada em 19 eventos internacionais nas cinco regiões do País, entre os meses de abril e setembro deste ano, e ouviu 1.726 participantes.
“Com uma permanência média de sete noites, a maioria dos entrevistados informou que pretende retornar – 38,6% em no máximo dois anos.
A imagem do país é positiva para 74% e mais, 92% elogiaram a receptividade do povo brasileiro. Essa base quantitativa é muito importante para a Embratur”, destacou o presidente do órgão, Vicente Neto.
O estudo mostra que a cidade mais visitada por turistas estrangeiros de Negócios e Eventos é o Rio de Janeiro, com 33,4%, em seguida vem São Paulo (16,4%), Manaus (6%), Foz do Iguaçu (5,8%), Belém (4,4%), Salvador (4,3%).
Dos entrevistados, 67,2% estiveram no Brasil pela primeira vez e 60,4% dos que já visitaram o País estiveram aqui por motivo de Negócios e Eventos. As cidades mais visitadas na viagem anterior foram Rio de Janeiro (27,5%), São Paulo (21,6%), Florianópolis (4,9%), Salvador (4,6%) e Foz do Iguaçu (3,6%). “Os turistas que visitaram a cidade de realização do evento pela primeira vez somam 86,7%”, afirmou Neto.
Sobre a cidade-sede do evento, 74% dos entrevistados disseram que a imagem é positiva. Sobre a receptividade dos atendentes locais e das pessoas, 92,6% avaliaram como muito boa ou boa.
Em dez anos, os congressos e convenções de negócios realizados no Brasil registraram um aumento de 408%. Conforme os dados divulgados em maio pela ICCA , entre 2003 e 2013, o total de eventos passou de 62 para 315. No mesmo período, o número de cidades que sediaram esse tipo de evento subiu 145%, passando de 22 para 54. O ranking divulgado mostra que o país permaneceu entre os dez países que mais recebem congressos e convenções associativas.
Veja abaixo o perfil do turista de Negócios e Eventos que visita o Brasil:
– 20% são da América do Norte;
– 16,2% são da América do Sul;
– 23% são da Europa;
– 58,6% são homens;
– 41,4% são mulheres;
– 54,4% dos turistas têm entre 25 e 44 anos;
– 97,4% têm nível superior;
– 41,9 % têm renda acima de US$ 4.000.