Assembleia Geral da ONU declara o Turismo Sustentável instrumento para reduzir a pobreza

[Revista Eventos, 19/01/2015]
Enfatizando a necessidade de otimizar os benefícios econômicos, sociais, culturais e ambientais que se derivam do Turismo Sustentável, especialmente nos países em desenvolvimento, a Resolução, intitulada “Promoção do Turismo Sustentável, inclusive o ecoturismo, para a erradicação da pobreza e proteção do meio ambiente”, exorta o Sistema das Nações Unidas a promover o Turismo Sustentável como instrumento que pode contribuir para que se alcance os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.
A Resolução, significativamente mais ampla em seu alcance que as anteriores sobre o tema, parte de outra Resolução aprovada pelas Nações Unidas em 2012 sobre o ecoturismo e se inspira no informe preparado pela Organização Mundial do Turismo (OMT).
De acordo com as recomendações da OMT, salienta a importância das politicas, diretrizes e regulamentações nacionais adequadas para promover o Turismo Sustentável, incluindo o ecoturismo, e incentiva os Estados Membros das Nações Unidas e as instituições financeiras internacionais a apoiar projetos de Turismo Sustentável que permitam a criação de empresas de pequeno e médio porte, a promoção de cooperativas e a facilitação do acesso a serviços financeiros inclusivos, tais como microcréditos, por parte de grupos desfavorecidos, comunidades locais e povos indígenas.
A resolução foi adotada por consenso e contou com impressionante patrocínio de um número total de 107 Estados Membros, entre eles Marrocos, que como em ocasiões anteriores foi o patrocinador principal, e nessa condição dirigiu todo processo de negociação até chegar a uma conclusão satisfatória.
“A OMT se congratula deste importante reconhecimento da capacidade do turismo de promover o desenvolvimento sustentável em todo mundo”, disse o Secretário Geral da OMT, Taleb Rifai.
“O amplo apoio a esta Resolução é fiel reflexo da crescente sensibilização a respeito do papel vital que o turismo desempenha no futuro sustentável para todos e abre portas a politicas nacionais propicias e facilitando que o financiamento internacional chegue ao Turismo Sustentável”.
A resolução faz que o turismo ocupe uma sólida posição na agenda das Nações Unidas para o Desenvolvimento depois de 2015, já que permite à OMT e às outras agências das Nações Unidas que formulem “… recomendações sobre formas de promover o Turismo Sustentável, incluindo o ecoturismo, como instrumento para combater a pobreza e promover o desenvolvimento sustentável”, e que sejam apresentadas no 71º. Período de sessões da Assembleia Geral das Nações Unidas em 2016.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *