Resultados da Copa do Mundo são apresentados em seminário

[MTur, 03/12/2014]
Promovido pelo Ministério do Esporte, o encontro reunirá, durante dois dias, especialistas nacionais e internacionais, integrantes do Comitê Organizador Local e governos federal, estadual, municipal para analisar os resultados do megaevento.
Para o ministro Lages, o maior legado que a Copa do Mundo deixou ao Brasil foi a boa imagem projetada ao mundo. A Copa no Brasil teve a maior audiência da história: 3,6 bilhões de espectadores em todo o planeta, 73 mil horas de transmissão de TV para mais de 200 países e 60 mil reportagens sobre o Brasil.
“Mais de um milhão de estrangeiros e três milhões de brasileiros visitaram cerca de 500 cidades brasileiras durante a Copa. Todas as pesquisas que realizamos mostram a intenção dos turistas em voltar aos destinos turísticos visitados”, disse Vinicius Lages.
O ministro ainda falou sobre o desafio de aproveitar os Jogos Olímpicos de 2016 para incluir temas relacionados ao esporte, como tecnologia, saúde, esporte, cultura, informação e segurança.
Durante o seminário serão discutidos os legados esportivos, econômicos, de infraestrutura, de imagem e promoção do Brasil, de sustentabilidade, segurança e inclusão social. Também serão lançados o Caderno de Legados da Copa e a plataforma de Legados dos Grandes Eventos Esportivos.
Além dos ministros do Turismo e do Esporte, participam do evento o ministro da Secretaria de Aviação Civil, Moreira Franco; o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão; o presidente da Embratur, Vicente Neto; os prefeitos da capital fluminense, Eduardo Paes;
e de Belo Horizonte, Marcio Lacerda; os dirigentes da FIFA do Comitê Organizador Local (COL); do Sebrae; da Apex; além de representantes das pastas das Comunicações, Defesa, Justiça e Meio Ambiente.
Ouça aqui trecho do discurso em que Vinicius Lages destaca o legado da Copa, a boa avaliação do Brasil por visitantes e o potencial da Olimpíada de aumentar a visibilidade do país.