Infográfico: os números da indústria de eventos no Brasil

[Brasil Post, 14/11/2014]
A indústria de eventos no Brasil vai de vento em popa. É o que mostra o relatório “2º Dimensionamento Econômico do Setor de Eventos”, elaborado pela Associação Brasileira das Empresas de Eventos (Abeoc) em parceria com o Sebrae.
Segundo o relatório divulgado no dia 14 de outubro, durante o ano de 2013 foram realizados 590 mil eventos no país, com um total de 202,2 milhões de participantes e R$ 209,2 bilhões em receitas – o equivalente a 4,32% do PIB do país no período. O valor representa também um crescimento de 460% em relação ao ano de 2001, utilizado como base no último levantamento equivalente.
A região Sudeste continua sendo o principal polo, abrigando 52% do total de eventos (305,7 mil) e 53% do público (106,2 milhões). O segundo lugar é dividido entre as regiões Nordeste, com 116,3 mil eventos (20% do total); e Sul, com 37,3 milhões de participantes (18% do total).
Em relação aos meios utilizados para divulgação e promoção, a internet definitivamente substituiu os canais tradicionais, o que confirma cada vez mais que a tendência no mercado de eventos é que os eventos bem sucedidos fiquem cada vez mais conectados à mídia social para obter sucesso na divulgação. Segundo o relatório, sites (84,4%), redes sociais (66,6%) e e-mail marketing (46,6%) são as três ferramentas mais utilizadas – vale destacar que todas essas funcionalidades são oferecidas gratuitamente em ferramentas como as oferecidas pela Eventioz. O mobile aparece na 12º posição, com 7,9% de participação e deve crescer nos próximos anos.
No total, estima-se que a indústria de eventos gere cerca de 7,5 milhões de empregos direta e indiretamente. Para chegar aos números, o relatório consultou 60 mil empresas do segmento. Para facilitar a compreensão dos dados, a Eventioz elaborou um infográfico com os números da pesquisa, que pode ser conferido abaixo. Já o relatório completo pode ser acessado no site da Abeoc.

viaInfográfico: os números da indústria de eventos no Brasil | Vinicius Aguiari.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *