Cooperados brasileiros fazem avaliação positiva da EIBTM

[Mercado e Eventos, 21/11/2014]
O resultado da 27ª edição da The Global Meetings & Events Exibition (EIBTM) foi bastante positivo para os 20 co-expositores brasileiros que foram a Barcelona, na Espanha. “Conversei com os cooperados e na visão deles a EIBTM teve um saldo muito bom.
Tiveram vários agendamentos, fechamento de negócios e boas perspectivas para 2015 em relação ao segmento MICE. Eles já aguardam ansiosos a próxima edição da Feira”, destaca Delma Andrade, Coordenadora-Geral de Acompanhamento e Estruturação de Produtos da Embratur.
Delma ressalta, ainda, a grande procura pelos destinos brasileiros no estande da Embratur. “Organizadores de eventos, entidades cooperativas, operadores de turismo e companhias aéreas nos procuraram interessados nos mais diferentes aspectos do nosso País. Houve também uma grande procura de russos e poloneses pelo Brasil”.
As Olimpíadas que acontecerão no Rio de Janeiro em 2016 serão um incentivador do turismo de negócios e eventos. “Nas ações de promoção dos Jogos, previstas para 2015, podemos levar centros de convenções e divulgar também nossos estádios como espaços para realização de eventos. Sendo uma forma de promover ao mesmo tempo o lazer e os negócios”, explica a coordenadora.
Os I Jogos Mundiais Indígenas que acontecerão em Palmas, capital de Tocantins, em setembro de 2015, também esteve na pauta da 27ª edição da EIBTM. Desde 1996, já ocorreram 13 edições nacionais dos jogos, e essa será a primeira em âmbito mundial, com presença já confirmada de 23 países.
Segundo o prefeito de Palmas, Carlos Amastha, os jogos vão atrair um público estimado em 100 mil pessoas nos 10 dias de evento, movimentando em torno de R$ 50 milhões, envolvendo a rede hoteleira, restaurantes, bares, o trade turístico e o comércio.
O programa de apoio à captação para o segmento MICE é, atualmente, um dos que mais tem contribuído para o incremento do fluxo de turistas para o Brasil. A mais recente classificação do País no ranking da ICCA reflete grandes conquistas: o Brasil foi classificado como o 9º do mundo que mais sediou eventos internacionais em 2013 e demonstrou um crescimento de 408% no período entre 2003 e 2013 em número de eventos sediados, evoluindo no mesmo período da 19ª posição para 9ª. O próximo ranking será divulgado em maio de 2015.
Os turistas de Negócios e Eventos gastam em média US$ 329,39 por dia no Brasil, segundo a “Pesquisa de Impacto Econômico Dos Eventos Internacionais Realizados no Brasil”, feita pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) para a Embratur. Esse valor é quatro vezes maior que as despesas dos visitantes internacionais que visitam o país em viagens de Lazer.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *