Indústria brasileira de eventos movimenta R$ 209 bilhões

[Por Ministério do Turismo03/10/2014]
A indústria nacional de eventos movimentou R$ 209,2 bilhões em 2013 com a realização de 590 mil feiras, congressos e convenções nacionais e internacionais.  Esse volume representa um crescimento de mais de 460% em doze anos, segundo dados parciais da pesquisa Dimensionamento Econômico do Setor de Eventos, iniciativa do Sebrae e da Associação Brasileira das Empresas de Eventos (Abeoc).
Os eventos atraíram 202,2 milhões de pessoas, que gastaram R$ 99,3 bilhões, uma média de R$ 161,80 por dia. A maioria dos encontros, 95%, são nacionais, dos quais a metade realizada nos estados da região Sudeste. A movimentação deste mercado é resultado da soma dos gastos realizados pelos participantes dos eventos, da receita gerada pela locação de espaços e do faturamento das empresas organizadoras.
Segundo a entidade, as expectativas para o segmento são promissoras, devido à projeção alcançada pelo Brasil com a realização dos grandes eventos internacionais. “O estudo coloca à disposição do mercado informações que são fundamentais para o planejamento dos negócios, para orientação de investimentos e para o governo definir com o empresariado políticas de desenvolvimento para o setor, cuja participação no PIB e arrecadação de tributos revelada pela pesquisa reforça a relevância e o impacto econômico dos eventos na economia brasileira”, afirma Anita Pires, presidente da Abeoc.
O Boletim de Desempenho Econômico do Turismo, informativo trimestral do Ministério do Turismo, confirma o otimismo dos organizadores de eventos. Os empresários do ramo, entre os sete segmentos pesquisados pelo MTur, são os que projetaram os maiores percentuais de investimentos para o período de julho a setembro deste ano: 23,4% do faturamento do trimestre anterior será reinvestido.
A pesquisa Abeoc/Sebrae foi realizada pelo Observatório do Turismo da Faculdade de Turismo e Hotelaria da Universidade Federal Fluminense, com apoio do ForEventos (Fórum do Setor de Eventos). A versão completa, com dados regionais, será divulgada no próximo dia 14 de outubro, às 10h30, na Fecomércio em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *