Turismo internacional cresce 5% no primeiro semestre, afirma OMT

[Por BRASILTURIS JORNAL, 16/09/2014]
A chegada de turistas internacionais aumentou 4,6% no primeiro semestre deste ano, segundo informações da Organização Mundial de Turismo. Destinos de todo mundo receberam aproximadamente 517 milhões de turistas internacionais entre janeiro e junho – 22 milhões a mais que o mesmo período de 2013.
O maior crescimento foi registrado nas Américas (+6%), seguido de Ásia e Europa (+5%). Por sub-regiões, Ásia Meridional e Norte da Europa (+8%) foram os que apresentaram os melhores resultados, junto com o Nordeste Asiático e a Europa meridional mediterrânea (+7%).
Os resultados estão de acordo com a previsão emitida pela OMT no começo deste ano. Para 2014, o total esperado é que a chegada de turistas internacionais cresça entre 4% e 4,5% em todo mundo, superando a previsão da Organização, que antecipou um crescimento de 3,8% ao ano entre 2010-2020.
As quatro sub-regiões da América registraram bons números. Com a Copa, a renda do turismo internacional no Brasil cresceu 10% nos primeiros sete meses do ano, com um aumento de 60% em junho e julho.
A Ásia e Pacífico (+ 5%) tem desfrutado de um crescimento econômico estável, viabilizado pelo investimento contínuo em infra-estrutura e medidas para agilizar a emissão de vistos.
Europa (+ 5%), a região mais visitada do mundo, manteve o forte ritmo de crescimento em 2013, impulsionado até hoje pela Europa do Norte (+ 8%) e Sul do Mediterrâneo (+ 7%). Esses resultados refletem um aumento da confiança dos consumidores na região e a recuperação de importantes mercados emissores europeus tradicionais.
O número de turistas internacionais da África aumentou 4%, principalmente ao Norte. No entanto, o atual surto do vírus Ebola afetou o turismo na região devido a percepções equivocadas sobre sua transmissão.
As chegadas de turistas internacionais no Oriente Médio caíram, de acordo com estimativas de 4%. No entanto, este valor deva ser tratado com cautela, uma vez que é baseado nos dados disponíveis limitados  da região.
Mercados Fonte: economias avançadas consolidam recuperação
Em termos de mercados emissores, os dados para o primeiro semestre de 2014 mostram a consolidação das despesas de viagem ao exterior registrado em 2013, em algumas economias avançadas. Gastos fora dos mercados italianos e australianos, respectivamente aumentaram 8% e 7%, enquanto o mercado americano cresceu 5%.
Os dados relativos à França e Canadá mostram um aumento de 3%. A demanda gerada pelos mercados emergentes também continua forte, apesar de desaceleração em comparação com 2013.
O mercado emissor chinês cresceu 16% no primeiro semestre do ano, em comparação com 26% para todos de 2013, enquanto os gastos  na Rússia subiram 4% em comparação com o ano passado.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *