Olimpíadas: Embratur espera 380 mil estrangeiros

[Por Mercado e Eventos, 23/09/2014]
Em 2013, o Brasil recebeu 224.078 turistas franceses, um crescimento de 2,4% em relação a 2012. De acordo com a chefe de Gabinete da Embratur, Kátia Bitencourt, a expectativa para esse ano é que esse números de visitantes cresça entre 4,5% e 5%. “A França é um mercado muito importante para o Brasil, não apenas o país é o maior emissor de turistas para o mundo, mas também é o oitavo maior emissor de turistas para o Brasil e o terceiro entre os países europeu”, ressltou Bitencout. “Com a crise econômica em 2008, tivemos uma redução razoável do número de turistas franceses, mas agora esse índice já está se regulando e voltando, cada vez mais, ao normal”, completou.
Segundo a chefe de Gabinete, os segmentos turísticos mais procurados pelos franceses são Sol e Praia, Ecoturismo e Cultura. “Para a Top Resa 2014 trouxemos 22 co-expositores, todos ligados a um desses segmentos”, explicou Kátia Bitencourt. Ela ainda ressaltou que, nesta edição, o estande da Embratur está com 50 m² a mais que no ano passado, totalizando 150 m² contra os 100 m² em 2013. Kátia contou que a conquista é importante, pois permite que a Embratur trabalhe melhor o contato com o expositores. “Um estande maior nos permite trazer mais cooperados, o que ajuda na divulgação do Brasil, oferecendo mais produtos para o mercado internacional”, apontou.
O estande da Embratur também está divulgando o aplicativo “Brasil Experience Mobile”, lançado esse ano, que permite que o internauta planeje e compartilhe sua viagem. “Tem um mês que o app está em francês, então estamos aproveitando a Top Resa para fazer o lançamento dessa ferramenta aqui na França”. De acordo com Kátia, a Embratur tem trabalhado muito com ferramentas e plataformas digitais, uma vez que foi observado que os turistas estrangeiros vêm se utilizando, com prioridade, da Internet para escolher os destinos e organizar viagens. “A plataforma online nos aproxima do público, além de ser uma linha de contato quase que imediata.
Em relação às Olimpíadas, Bitencourt anunciou que as ações para o megaevento devem começar em 2015. Segundo a chefe de Gabinete, os estandes terão o logotipo das Olimpíadas, além de atrações que remetam aos Jogos Olímpicos, como foi feito durante a Copa do Mundo. “Estamos em processo de execução do documento que vai definir todas as ações da Embratur voltadas para a promoção do Brasil ligadas às Olimpíadas e até o final de outubro teremos isso bem desenvolvido, mas posso adiantar que as todas as ações promocionais que envolverem o Rio de Janeiro terão a logomarca dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos. Com a Copa, vimos que atrelar o turismo ao esporte é muito positivo e dá um ótimo retorno, por isso o Goal to Brasil vai continuar durante os anos de 2015 e 2016, não apenas capacitando os agentes e operadores estrangeiros, mas também oferecendo uma rodada de negócios. A expectativa é que 380 mil estrangeiros visitem o Brasil durante as Olimpíadas”, esclareceu.
Kátia ainda afirmou que o megaevento, por possuir diferentes modalidades, abrange mais pessoas e atrai turistas com perfis diversificados. “Descobrimos que muitos dos visitantes desse tipo de evento são as próprias famílias do atleta que, após a competição, viajam pelos destinos junto ao competidor, isso gera um grande número de visitantes”.
Para Kátia, a dificuldade da Embratur nesse período de pós-Copa é manter a visibilidade do país em alta e o crescimento do fluxo de turistas através da capacitação de eventos. “Mostramos que conseguimos promover, com sucesso, um megaevento. Agora temos que manter a qualidade dos serviços prestados para atrair mais visitantes”, pontuou.
Já no segundo semestre, Kátia ressaltou que o órgão vai realizar workshops e roadshows para o público francês, além de um evento em parceira com a Airfrance. “Esse ano começamos um projeto de divulgação dos patromônios da Unesco, e uma das ações é uma exposição que virá para a França afim de divulgar esses atrativos”, concluiu. Presstrips e Famtours também estão na agenda de ações da Embratur.