FCVBx-RJ pede a CNC que monitore eventos nacionais

[Por Panrotas, 04/09/2014]
Enquanto a International Congress and Convention Association (Icca) monitora os eventos internacionais, não há no País uma entidade que faça esse controle em relação aos eventos nacionais e, consequentemente, não existe um diagnóstico real sobre quantos eventos o Brasil organiza nem o impacto da realização de eventos no Brasil.
A “bola” foi levantada pelo presidente da Federação de Convention & Visitors Bureaux do Rio de Janeiro (FCVBx-RJ), Marco Navega (foto), que sugeriu à Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) fazer esse monitoramento. A sugestão vai ser levada ao presidente do Conselho de Turismo da CNC, Alexandre Sampaio, que não pôde estar presente na última reunião da entidade, realizada ontem à noite (3/9), na sede da CNC, no Rio de Janeiro.
“O que nós sabemos em relação a eventos no País é através da Icca, não há no Brasil nenhum órgão ou entidade que faça esse monitoramento. Se houvesse, certamente essa atividade (turismo de eventos) teria mais importância”, falou Navega.
Navega e Eduardo Mielke, também da FCVBx-RJ, apresentaram na quarta-feira dados sobre a entidade durante a palestra “Conhecendo os conventions & visitors bureaux do Rio de Janeiro”.
“Uma das nossas funções é apresentar a cidade a organizadores de eventos; é acolher os investidores e gerenciar a execução do calendário temático. Temos que ser parceiros do poder público e mostrar que juntos, todos saem ganhando”, afirmou Mielke.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *