Para Lage, êxito na realização da Copa do Mundo pode compensar perdas em outros setores

[Por Hôtelier News, 04/07/2014]
“Qual o preço da marca Brasil depois da realização da Copa do Mundo? Isso não tem preço. É a construção positiva da imagem de um País”. O discurso é de Vinícius Lage, ministro do Turismo, quando questionado sobre as possíveis perdas que outros setores ou indústrias brasileiras podem estar tendo com a realização do mundial de futebol. Para o responsável pela pasta, a boa impressão do País serve como contrapartida para quem possa estar sentindo os efeitos negativos da competição.
“No fim das contas, o balanço é positivo e qualquer empresa brasileira pode ter certeza que terá bom retorno se confirmarmos o êxito como anfitriões de um evento desse porte”, acrescenta.
De acordo com Lage, o torneio será um divisor de águas na história da economia turística nacional e reverberará positivamente para inúmeros setores.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *