Copa do Mundo injeta mais de R$ 1 bi no Rio Grande do Sul

[Por Mercado e Eventos, 07/07/2014]
Durante as cinco partidas, a presença de turistas superou todas as expectativas previstas. “Antes do Mundial, o Ministério do Turismo (MTur) projetava aproximadamente 200 mil visitantes no Estado, sendo que destes 60 mil seriam estrangeiros. No entanto, os dados se mostravam muito mais animadores com a confirmação da venda de 243 mil ingressos pela FIFA, onde aproximadamente 83 mil eram estrangeiros, colocando a capital gaúcha como a terceira sede da Copa mais procurada por estrangeiros”, disse o secretário do Turismo, Márcio Cabral.
Cabral destaca que até o encerramento dos jogos de Porto Alegre, foram registrados cerca de 350 mil turistas, sendo que 160 mil estrangeiros (90 mil argentinos, 16 mil alemães, 12 mil norte-americanos, 10 mil australianos, 4,1 mil argelinos, 4 mil franceses, 4 mil holandeses, mil sul-coreanos, mil hondurenhos, mil equatorianos e outros 17 mil de outras nacionalidades).
E a presença de um número tão expressivo de visitantes resultou em uma arrecadação de R$ 1.050.000.000,00 à economia gaúcha. “Levando em consideração que o gasto médio projetado para cada turista é de aproximadamente R$ 3 mil em hospedagem, transporte local (sem contar o aéreo), alimentação e outros serviços podemos afirmar que o Mundial foi um grande sucesso para o Rio Grande do Sul”.
Além disso, o secretário frisou que a ocupação hoteleria média foi de 80% num raio de até 200 km de Porto Alegre, o que movimentou os meios de hospedagem da Região Metropolitana, Serra Gaúcha, Campos de Cima da Serra, Litoral Norte e Região dos Vales. Outros dados divulgados foram que o comércio de serviços (bares, restaurantes e similares) teve um acréscimo de 50% da demanda no período da Copa e os serviços de turismo (guias, transporte e equipamentos turísticos) registraram 40% de acréscimo da demanda.
Para Cabral, no entanto, muito mais que o retorno financeiro que a Copa trouxe ao Estado o que ficará como grande legado é que, a partir de agora, o Rio Grande do Sul será visto de forma diferente no cenário do turismo mundial. “Ao recebermos tão bem os turistas dos cinco continentes que estiveram aqui nos credenciamos como um grande destino capaz de atrair turistas do mundo todo”, finalizou.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *