Bahia cria "Gol Verde" para deixar legado sustentável pós-Copa

[Por Mercado e Eventos, 30/06/2014]
Governo do Bahia, Prefeitura Municipal e iniciativa privada se reuniram na tarde de 28/06, no Porto Seguro Praia Resort para oferecer uma “despedida verde” à Seleção da Suíça. A equipe embarcou para São Paulo no domingo (29/06), mas deixou como legado o plantio no município de 2.222 mudas de espécies da Mata Atlântica, relativas aos dois gols marcados na Arena Fonte Nova, no dia 20/06, no jogo contra a França. A tarefa será assumida pelo resort, como parte do projeto Gol Verde.
Criado pela Secretaria Estadual para Assuntos da Copa do Mundo (Secopa), representada no evento pelo secretário Ney Campello, o Gol Verde prevê o plantio de 1.111 mudas para cada gol marcado na Arena Fonte Nova, durante a Copa. O objetivo é garantir que o torneio deixe um legado de sustentabilidade.
Até agora, o Gol Verde já contabilizou 21 gols na Arena Fonte Nova, totalizando 23.331 mudas, o equivalente a 21 campos de futebol. Destes, dois gols foram marcados pela Suíça, na derrota por 5 a 2 para a França.
O proprietário do Porto Seguro Praia Resort, Guto de Paula, disse que a decisão de assumir o plantio das árvores é também uma retribuição à oportunidade de receber a imprensa, jogadores e equipe suíça. “Queríamos agradecer à gentileza da Seleção Suíça, que concentrou suas entrevistas coletivas no Media Center do resort”, afirmou. “E também aos cerca de 80 jornalistas suíços que ficaram hospedados aqui durante a Copa.”
Bahia agradece à Suíça – Representando o governador Jaques Wagner, o secretário Campello agradeceu aos suíços por terem escolhido a Bahia como base na primeira fase da Copa. “Recebemos uma gente muito simpática, cordial e afetuosa. Trago um agradecimento especial do povo da Bahia por tudo que vocês trouxeram de bom a este Estado”, enfatizou. “Queremos que a Suíça avance no Mundial e volte para celebrar suas vitórias.”
O secretário mencionou em sua fala a parceria com a Veracel, fabricante de celulose que doou 30 mil mudas para o Gol Verde. “É grande a nossa satisfação em participar de um projeto como esse. A Bahia é o único Estado que aderiu a esse programa de sustentabilidade”, observou o diretor da Veracel, Ari Medeiros.
Representando a prefeitura, outra parceira do projeto, o secretário de Meio Ambiente de Porto Seguro, Benedito Gouveia, disse que o Gol Verde criou um novo padrão. “Vamos ficar como um divisor de águas em relação a eventos sustentáveis.”
O presidente do Porto Seguro Convention Bureau, Daniel Menta, preferiu destacar a importância da vinda da Seleção Suíça. “Queremos agradecer aos suíços por terem acreditado no projeto de Porto Seguro para a Copa, iniciado há quatro anos.”
O secretário-geral da Federação Suíça de Futebol, Alex Miescher, elogiou o programa Gol Verde. “Esse projeto de sustentabilidade está em perfeita harmonia com programas sociais que apoiamos em outras cidades”, disse. Ele assegurou que Porto Seguro se destacou entre as demais sedes de seleções na Copa. “Falei com os outros 31 secretários-gerais de federações e tenho certeza de que Porto Seguro foi a base número 1 de todas no Brasil.”
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *